Category: Cebape

A atualidade do pensamento crítico de Guerreiro Ramos

Guerreiro Ramos teve o mérito de fundar no Brasil uma sociologia organizacional, enfatizando a necessidade de se refundar a Administração sobre novas bases epistemológicas. Estudo apresentada as lacunas das teorias organizacionais e o que precisa ser feito para superar seu paroquialismo teórico, mostrando a atualidade do pensamento deste autor. Read More →

Há artimanhas discursivas para controlar docentes em Instituições de Ensino Superior?

Em Instituições de Ensino Superior (IES) privadas, docentes são envolvidos pelos gerentes para o máximo comprometimento no trabalho, a partir de estratégias discursivas que ocultam os mecanismos de dominação e controle envolvidos nesses espaços, mediando inclusive vantagens de toda ordem para mobilização do imaginário de sucesso e prazer. Read More →

Como desenvolver o planejamento participativo em programas de pós-graduação?

Estudo apresenta metodologia e sugere associar ao planejamento todos os envolvidos no programa de pós-graduação (PPG). Além dos docentes, técnicos e discentes do programa, são também convidados os participantes externos, tanto no planejamento quanto na gestão do Plano. A metodologia visa com isso incluir e comprometer os planejadores, promover aderência e gerar ações efetivas na realidade social do PPG. Read More →

Contribuições para o avanço da ciência pela RAM – Revista de Administração Mackenzie

A Edição Especial de 2018 do periódico Cadernos EBAPE.BR da Fundação Getúlio Vargas, traz um compilado de artigos a respeitos de importantes periódicos nacionais, e de suas contribuições para o avanço da pesquisa e do conhecimento científico no Brasil. Dentre eles, um aborda a trajetória da RAM – Revista de Administração Mackenzie, e de que forma sua evolução como periódico científico contribuiu para o avanço da ciência. Read More →

Pesquisa analisa uso da Teoria das Representações Sociais (TRS) nos Estudos Organizacionais (EO)

Pesquisa bibliométrica analisa o uso da Teoria das Representações Sociais (TRS) nos Estudos Organizacionais (EO). Foram investigados 90 artigos publicados em periódicos e eventos científicos no período de 2001 a 2014. Os resultados indicam que o uso da TRS nos EO é incipiente, superficial e apresenta inconsistências teóricas e metodológicas. Read More →