Tag: Ciências Humanas

Institucionalização da pesquisa educacional no Brasil a partir da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos

Pilha de revistas em um fundo branco.

As principais temáticas discutidas nos artigos da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, na década de 1950, apontam articulações entre produção científica no campo educacional e processo de institucionalização da pesquisa no Brasil. Acompanhando as transformações da educação brasileira, a revista contribuiu para a disseminação de pesquisas educacionais de interesse do Estado brasileiro. Read More →

Contrariando os estereótipos, a satisfação com a vida tende a manter-se com o avanço da idade

Satisfação com a vida piora com a idade? Entrevistas em dois tempos com 360 idosos revelaram que, em 9 anos, 61,1% mantiveram-se estáveis, 26,5% pioraram e 12,5% melhoraram; mais septuagenários do que octogenários pioraram, e entre os que pioraram, havia mais idosos que avaliaram negativamente a saúde e a memória. Read More →

Infodemia de covid-19: o que esse fenômeno tem causado nos idosos?

Uma mulher de meia idade, pele branca, cabelo curto e branco acinzentado veste uma camiseta listrada preta e branca. Ela está sentada de pernas cruzadas em uma cama e está de frente para um laptop. Ela está com as mãos no rosto parecendo frustrada.

A infodemia, conceituada como o excesso de informações que dificulta encontrar orientações confiáveis, pode gerar agravos para a saúde. Nesse contexto, os idosos, tanto por sua maior vulnerabilidade às formas graves da covid-19 quanto pelo baixo domínio das tecnologias digitais, acabam mais expostos às repercussões da infodemia. Read More →

A arte além da escola: lugares de ensino, pesquisa e formação

Duas pessoas de costas. Uma mulher branca de cabelo solto, longo, liso e castanho ao lado de uma menina de cabelo amarrado, longo, liso e castanho. Elas olham para uma parede com quadros.

O ensino de artes habitualmente acontece em escolas, ateliês, centros culturais, museus e locais direcionados a ofertar noções básicas sobre linguagem visual e fundamentos relevantes de obras de arte. Vias não oficiais ou “frestas” por onde o ensino de arte tem sido ministrado podem inspirar profissionais da educação, pesquisadores, professores e artistas. Read More →

O que podem corpos negros? Uma narrativa poética que navega pela diáspora africana à luta e labuta da população negra até os dias atuais

Uma colagem de imagens: fundo escuro, linhas vermelhas "escorrendo" do topo da imagem, uma mulher negra performando, sobrepostas estão imagens um pouco ofuscadas de homens negros vendados com um pano branco e/ou algemadas.

A partir desta dessa narrativa-poesia, convidamos todas, todos e todes a embarcar nesta travessia de múltiplos afetos, em que ao qual exploramos a potência na produção de vida, dos corpos pretos, das vidas marginalizadas em meio genocídio e as políticas de morte produzidas de muitos modos no contexto brasileiro. Read More →

(Re)Construindo revoluções: disputas pelas memórias de 1989 na Europa Central contemporânea

Pôster da exposição ‘89 ‘90 – 30 Éve Szabadon (‘89 ‘90 – 30 anos de liberdade), Budapeste. Fundo vermelho com colagens de trechos de textos e imagens.

As revoluções responsáveis pela queda de regimes comunistas na Europa Central completaram 30 anos em 2019. As diversas comemorações que marcaram a efeméride, apesar de partilharem um mesmo tema, promoveram narrativas destoantes. Exposições realizadas em Praga e Budapeste mostram como disputas pela memória se associam a embates políticos do presente. Read More →

Professor ou analista? Como a psicanálise pode ajudar a pensar o papel do professor de ciências

Foto em preto e branco. Professor em pé em uma sala de aula, atrás um quadro com representações óticas e ao lado cadeiras de alunos.

Partindo de paralelos entre a formação do professor de ciências e a formação de um analista é possível ampliar discussões sobre como a Psicanálise vem contribuindo para a área da Educação e, em diálogo com as ideias de Lacan e suas formulações sobre os quatro discursos, propor reflexões sobre a formação do professor de Ciências. Read More →

A falta de solidariedade e o desamparo humano na lógica perversa neoliberal

Moisés de Michelangelo. Estátua de mármore de um homem sentado com barba longa e olhar sério, uma tábua em um dos braços. Atrás uma parede com muitos detalhes em alto relevo.

Sustenta-se, a partir da filosofia da educação e da psicanálise, a hipótese de que a racionalidade neoliberal necessita do apagamento do outro para tocar seu projeto perverso e instalar um sistema de relações baseado na indiferença. Como contraponto, recorre-se à ética em Freud, amparada na inclusão do semelhante, experiência central na formação humana. Read More →

Apropriação dos espaços: entre o conceitual e o irregular

A ocupação do território é direcionada pela ação de agentes públicos e privados, sendo um resultado social complexo e, muitas vezes, não coincidente com as expectativas do planejamento urbano. Nesse contexto, discute-se o conceito de Incremental Housing, um modelo habitacional progressivo que possibilita futuras ampliações por parte dos moradores. Read More →

A avaliação educacional na produção científica vista por meio de análise de redes sociais

A produção científica brasileira sobre a Avaliação Educacional está principalmente localizada em instituições públicas da região sudeste do país. Suas publicações têm reduzido número de pesquisadores, estão centradas no Ensino Superior e abordam uma temática geral dispersa, mais preocupada com validações de testes específicos do que com qualidade da Educação. Read More →