Tag: Literatura

A compreensão do discurso da literatura, do direito e da educação

Bakhtin nos ensina que não há discurso separado de sua situação, da relação com o ouvinte e das situações que os vinculam (2006, p. 384). É isso que, mais uma vez, podemos comprovar neste número de Bakhtiniana (13.1), em que autores da América Latina (Peru e Brasil) e Europa (Itália e Espanha) mobilizam diferentes perspectivas teórico-discursivas para melhor compreensão do discurso da Literatura, do Direito e da Educação. Read More →

Como a leitura em voz alta para crianças pode melhorar a capacidade de comunicação?

Estudo analisa acerca do potencial de atividades planejadas e intencionais com a literatura infantil (como a leitura de livros em voz alta) podem proporcionar um rico repertório linguístico e imaginativo para crianças. A pesquisa envolveu professores das creches investigadas, promovendo a reflexão acerca de suas práticas. Read More →

Ensaios problematizam relações entre religião, crítica literária e Machado de Assis

Estudos da Machado de Assis em linha tratam da complexa relação entre Machado e religião. Um deles investiga os projetos críticos de cunho católico de Alceu Amoroso Lima e Álvaro Lins por meio da relação que estes estabeleceram com a obra machadiana. Já o outro analisa o conto “Na arca” e explora as relações entre teologia e literatura. Read More →

Desejo e homoerotismo em escritos de Machado de Assis

Questões envolvendo desejo e homoerotismo integram a Machado de Assis em linha (n. 22), que apresenta análise da construção da personagem Marocas, do conto “Singular ocorrência”, em sua relação com o desejo e seus desdobramentos; e análise também da amizade entre as personagens Bentinho e Escobar, do romance Dom Casmurro, detectando a presença de uma visão homoerotizada nessa relação. Read More →

O olhar agudo de Machado de Assis sobre o Rio de Janeiro em “A Semana”

Estudo analisa os modos de como Machado de Assis captou a paisagem urbana do Rio de Janeiro nas crônicas de “A Semana”, publicadas na Gazeta de Notícias entre 1892 e 1897. Num período em que a cidade ressentia a transição da monarquia para a república e passava por medidas que visavam a sua modernização, Machado trouxe para o interior de suas crônicas os atrativos e especificidades da Rua do Ouvidor, as políticas públicas implementadas pelo então prefeito Barata Ribeiro, os casos policiais e as consequências da entrada dos bondes nas ruas do Rio de Janeiro. Read More →

Sobre nexos entre filosofia da educação e arte: pensando com os olhos

Ao borrar os contornos que procuram delimitar um gênero ou outro — e mais que isso, divorciá-los de maneira a dificultar qualquer possibilidade de arranjo combinatório — o ensaio que por ora se apresenta procura pelas pontes que podem ser construídas entre a filosofia da educação, a literatura e o paisagismo com o propósito de teorizar e escrever sobre o tema da formação. Read More →

Machado de Assis em linha atualiza debate sobre a correspondência do escritor

Dois estudos da Mael publicados no número 21 abordam a correspondência de Machado de Assis: num deles, avalia-se a possibilidade de Machado ser o autor de uma crítica a Aluíso Azevedo; no outro, há uma análise da Correspondência de Machado de Assis que mensura o potencial desta publicação para o aprofundamento dos estudos machadianos. Read More →

Varia Historia discute as representações da identidade na literatura latino-americana

Os diálogos entre história e literatura na América Latina são tema do dossiê da Varia Historia número 62. Os artigos enfocam desde a literatura do século XIX, ligada à construção de projetos-nação, até os dias atuais, passando pelo boom da literatura latino-americana entre os anos 60 e 70. Read More →

MAEL apresenta dois ensaios pouco conhecidos de Antonio Candido sobre Machado de Assis

O periódico Mael, no número 21, apresenta a seus leitores dois ensaios de Antonio Candido que tratam de Machado de Assis: “Duas Notas”, de 1947, e “Prefácio de um livro”, de 1958. Embora não sejam inéditos, vale ressaltar que o exame e divulgação dos textos são, até este momento, diminutos. Read More →

Educação Infantil: que modos de ser criança e professor estamos produzindo em tempos digitais?

O estudo articula a infância contemporânea com a prática de registro da documentação pedagógica — abordagem defendida na literatura italiana. Ao tensionar os modos de ser aluno e docente na Educação Infantil, mostra que a documentação pedagógica refina as maneiras de registrar as ações infantis, sugerindo um tempo digital e pontilhista, permeado pela rapidez nos modos de comunicar as aprendizagens. Read More →