Tag: Literatura

O que a primeira tradução de Grande sertão: veredas ainda pode revelar

Cartas trocadas entre a tradutora estadunidense Harriet de Onís e os editores da Alfred A. Knopf, Inc. iluminam aspectos pouco conhecidos da elaboração e publicação da tradução de Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, para o inglês. Read More →

Literatura, filosofia e linguística são temas em destaque do periódico Alea: Estudos Neolatinos

Alea reúne um conjunto de artigos que transitam pelos mais variados tópicos das literaturas neolatinas, incluindo também textos ligados com áreas de domínio conexo como a arte, a filosofia e a linguística incluindo textos de releitura da obra de Jacques Derrida; estudos sobre literaturas de língua portuguesa, bem como textos que se debruçam sobre obras literárias de autores espanhois e hispano-americanas. Read More →

MAEL traz dossiê sobre Machado de Assis e a tradução

Periódico reúne estudos sobre Machado de Assis e a tradução. Os artigos exploram o assunto de várias maneiras: a relação de Machado com seus editores; a primeira tradução feita pelo escritor; o cotejo entre traduções de Memórias póstumas para o inglês; as adaptações do único volume de crônicas de Machado de Assis traduzido para o castelhano; e um panorama da situação atual da obra do escritor na China. Read More →

Os olhares de Eugène Sue e os folhetins na Buenos Aires do século XIX

Pesquisa apresenta os folhetins em circulação nos periódicos argentinos a partir da década de 1840 e busca refletir sobre a recepção, circulação e comercialização editorial deste gênero na região rio-platense. Como resultado do boom da literatura industrial, como ficaram conhecidos esses folhetins, Buenos Aires viveu uma especulação editorial sem precedentes. Read More →

Varia Historia discute as representações da identidade na literatura latino-americana

Os diálogos entre história e literatura na América Latina são tema do dossiê da Varia Historia número 62. Os artigos enfocam desde a literatura do século XIX, ligada à construção de projetos-nação, até os dias atuais, passando pelo boom da literatura latino-americana entre os anos 60 e 70. Read More →

Leituras de “A Cabana do Pai Tomás” no Brasil escravista

No Brasil escravista do século XIX, a edição em português do livro “A Cabana do Pai Tomás” atenuava sua potencialidade crítica e transformadora. A edição continha intervenções do tradutor que permitiam, aos leitores do mundo lusófono, conceber o fim da escravidão num futuro bem mais distante. Read More →