Tag: Política

A macroeconomia novo-desenvolvimentista revê e completa a pós-keynesiana: Duas escolas de pensamento que se completam

Estudo faz uma comparação entre a teoria pós-Keynesiana e a teoria novo desenvolvimentista. As principais diferenças entre elas são: a rejeição da política de crescimento com endividamento externo, o papel estratégico que atribui à taxa de cambio, e uma visão histórico-estrutural do desenvolvimento. Read More →

Dilemas na formulação de uma política de avaliação institucional participativa: o caso do SEAP-RS

A formulação do Sistema Estadual de Avaliação Participativa do Rio Grande do Sul, entre 2011 e 2014, como alternativa às provas de desempenho dos alunos, abortada na troca de governo, deixou legado de práticas e reflexões sobre a gestão democrática em suas contradições, impasses e desafios para comunidades escolares, dirigentes e pesquisadores. Read More →

Análise de Políticas Públicas para além do ciclo

Mais do que um ciclo de etapas bem definidas, a literatura internacional recente trata a política pública como resultado de um processo complexo, fruto da interação entre elementos-chave: instituições, atores, ideias, crenças, contextos e eventos. O objetivo do estudo é contribuir com o entendimento desse processo, sistematizando seus principais construtos e sugerindo novas dimensões de análise para o avanço da pesquisa na área. Read More →

Vamos falar da (contra) reforma do ensino médio?

O debate sobre a implantação e os efeitos da Lei 13.415/17 que reestrutura o ensino médio brasileiro está na ordem do dia. Para além da discussão sobre o seu conteúdo, o artigo procura situar sua gênese nas tensões, avanços e recuos das políticas educacionais para o ensino médio brasileiro e lança questões sobre seus impactos na relação dos jovens com esse nível de ensino. Read More →

Quais as bases normativas e as condições político-institucionais da gestão democrática em sistemas municipais de ensino?

Pesquisa analisa o quadro normativo e as condições político-institucionais relativos à gestão democrática do ensino público no âmbito dos sistemas municipais de ensino do estado do Piauí. Resulta da etapa estadual de uma pesquisa em rede de abrangência nacional (Rede Mapa) que tomou por base as leis municipais que institucionalizaram os respectivos sistemas de ensino. Read More →

Lua Nova discute a diversidade dos ‘fazeres’ da Teoria Política Contemporânea

Os textos reunidos no número 102 do periódico Lua Nova abordam o diagnóstico de que a teoria política contemporânea conta hoje com uma multiplicidade de vocabulários e ‘fazeres’. Para tanto, a/os autora/es discutem neste volume distintas maneiras de se levar a cabo análises e/ou fundamentações em teoria política contemporânea, mostrando que a prática disciplinar pode ser mais bem entendida como um empreendimento coletivo inacabado. Read More →

Quais são os custos de gerência de coalizão no presidencialismo brasileiro?

Estudo analisa os efeitos das estratégias do presidente de gerir sua coalizão sobre os custos de governar. Os resultados indicam que coalizões grandes, ideologicamente heterogêneas e desproporcionais tendem a ser mais caras ao longo do tempo. Além disso, gastar mais recursos políticos e financeiros com os aliados da coalizão não significa necessariamente maior apoio político no Legislativo. Read More →

Neoliberalismo e a transformação do espaço urbano

O que é a cidade neoliberal? Que tipos de efeitos ela gera no tecido urbano? A discussão é sobre os efeitos da lógica mercadológica na transformação do tecido urbano latino-americano. Pesquisa conceitual e análise de exemplos da América Latina demonstram que as cidades são reestruturadas de forma a camuflar as desigualdades sócioespaciais geradas pelos interesses mercadológicos e do capital imobiliário. Read More →

Serviço Social: marcas e desafios

O número 129 do periódico Serviço Social & Sociedade apresenta os desafios ao Serviço Social e os descompassos e contradições presentes no cotidiano em relação ao projeto ético-político construído ao longo da trajetória do Serviço Social brasileiro e latino-americano. Read More →

Historicidade e instituições no centro das relações de produção e de distribuição: por uma Ciência Econômica antipositivista e antineoclássica

Pesquisa aborda como os fenômenos econômicos surgem e se reproduzem com base nos comportamentos humanos conscientes. Diferentemente dos objetos da natureza física e biológica, cuja existência e regularidades não dependem das ações humanas, o objeto econômico é estruturalmente dependente das relações sociais de produção e de distribuição. Sua compreensão qualificada requer a aplicação de metodologias não-positivistas, fora da tradição teórica neoclássica e marginalista. Read More →