Tag: Saúde

Avaliação do uso de álcool e adesão à uma intervenção on-line entre estudantes universitários

O uso da internet tem facilitado a disponibilização de estratégias em saúde, mas apesar de favorecer o acesso a um grande número de pessoas a adesão tende a ser relativamente baixa. Estudo avaliou fatores associados à participação em uma intervenção via internet sobre o uso de álcool entre universitários. Read More →

Cenas da pandemia. O que podemos pensar sobre educação?

Em 2020, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) faz 30 anos. Esse marco coincide com a pandemia causada pela COVID-19, que coloca em conflito noções de direito ligadas à preservação da vida e da liberdade apresentadas pelo ECA. Diante desse contexto, estudo trata sobre reinvenções e deslocamentos diante da quarentena explorando seis cenas expressivas da reinvenção do cotidiano que estão vinculadas a três dimensões específicas: a relação de famílias com as tecnologias; a relação das famílias com a escola; e a relação das famílias com suas crianças. Read More →

A atual pandemia de COVID-19 ilumina a importância da educação e trabalho em saúde

Pesquisadores brasileiros e portugueses fazem uma reflexão crítica sobre a educação, o trabalho e a educação em saúde. A educação é apresentada como espaço vivo de práticas onde se realizam o fenômeno da ‘formação’ e a preparação do indivíduo para o trabalho em saúde, fundamental no combate a pandemias, entre outras emergências de saúde pública. Read More →

Nas tramas do neoliberalismo: o pensamento social de Christian Laval e Pierre Dardot

Trabalho, Educação e Saúde destaca uma análise da resolução inédita da Organização Mundial da Saúde que estabelece a transparência de custos e preços de medicamentos do setor farmacêutico e um diagnóstico crítico das relações entre trabalho, educação e juventudes contemporâneas, por meio de um diálogo com o pensamento social dos pesquisadores franceses Christian Laval e Pierre Dardot. Read More →

Por uma sociedade sem manicômios

Trabalho, Educação e Saúde (v. 17, n. 2), traz um editorial sobre a Reforma Psiquiátrica, assinado por Pedro Gabriel Delgado, do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Apresenta pesquisas originais sobre o cuidado médico e a sobremedicalização na atenção primária, a contrarreforma na formação em saúde na escola, um estudo etnográfico sobre crack e a representação social de trabalhadores da atenção básica em saúde que lidam com pessoas LGBT. Read More →

A pedagogia da revolução de Paulo Freire faz 50 anos

Trabalho, Educação e Saúde celebra o cinquentenário do livro “Pedagogia do oprimido”, a principal obra de Paulo Freire e a terceira mais citada em trabalhos na área de humanas, de acordo com pesquisador da London School of Economics. E, em tempos de cogitação da volta do emprego de eletrochoques, discute-se o retrocesso da readoção de hospitais psiquiátricos para tratamento de pacientes com transtorno mental. Read More →

Formação profissional na saúde em disputa

A formação profissional de agentes comunitários em saúde é objeto de disputa desde a institucionalização deste trabalho no SUS. Um novo programa de capacitação para esses agentes reafirma a luta de classes existente. De um lado, interesses empresariais em fundos públicos; de outro, trabalhadores que reivindicam universalidade do direito à saúde e à educação. Read More →

Atraso e destruição na formação de nível médio

A primeira edição de 2017 de Trabalho, Educação e Saúde se posiciona sobre a “MP do Nível Médio”, apontando retrocesso e destruição na formação de nível médio. O periódico aborda o adoecimento em saúde mental em espaços marcados pela violência, examina o crescimento do agronegócio e o aumento da intoxicação por agrotóxicos e divulga uma análise sobre a evolução das equipes de saúde da família em tempos de Programa Mais Médicos além de outros temas. Read More →

Terceirização na saúde pública: ataque neoliberal ao funcionalismo público

A terceirização, tema tão atual que tem inclusive projeto de ampliação de seu alcance no setor público aguardando apreciação no Senado, é um dos mecanismos mais eficientes de desmonte do conteúdo social do Estado e de sua privatização. Para a pesquisadora Graça Druck, é o meio principal que as forças políticas neoliberais encontraram para atacar o coração de um Estado social e democrático: os trabalhadores que constituem o funcionalismo público. Read More →