A pesquisa qualitativa dialoga com a política e a prática e subsidia mudanças em saúde

Por Maria Cecília de Souza Minayo, Editora-chefe e Luiza Gualhano, Assistente de comunicação, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

A edição 23 (no. 1, 2018) de Ciência & Saúde Coletiva apresenta seis artigos elaborados para o 5º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa (www.ciaiq.org), e uma seleção de temas livres nessa mesma direção. Em todos e em cada um, a diversidade metodológica e temática busca o equilíbrio entre o mundo de concepções globalizadas e a necessidade de privilegiar o que é único e singular na forma como os seres humanos encaram a saúde e a doença.

Interessante observar que nesta edição predominam as discussões qualitativas sobre a visão dos profissionais sobre os modelos que dão eficácia à sua gestão e à sua ação (BELFOR, et al., 2018; GOMES, et al., 2018; PEDROSA; CAIS; MONFORTE-ROYO, 2018; PRESADO, et al., 2018). O que é seguido com semelhante relevância por artigos que privilegiam o envolvimento e a interação dos atores nas políticas de saúde (ÂNGULO-TUESTA; SANTOS; ITURRI, 2018; DIAS, et al., 2018; MENICUCCI; COSTA; MACHADO, 2018). E em igual proporção, por trabalhos que tratam de questões de saúde e de como os profissionais lidam com elas: um sobre alimentação escolar (EINLOFT; COTTA; ARAUJO, 2018) e dois sobre como atuar na atenção básica frente à violência que afeta o crescimento, o desenvolvimento e a qualidade de vida (EGRY; APOSTOLICO; MORAIS, 2018; SIGNORELLI; TAFT; PEREIRA, 2018).

O conjunto dos artigos está em consonância com o pensamento de vários autores seminais, quando avaliam a importância do envolvimento dos sujeitos, a devolução da informação e o empoderamento como premissas chave a considerar como critérios de autenticidade ontológica, educativa, catalítica e tática dessa abordagem. Também quando ressaltam que um dos principais valores desse paradigma é seu potencial para subsidiar mudanças, por reconhecer as competências dos atores, através do seu poder reflexivo sobre a ação, os sentimentos e as representações.

Referências

ÂNGULO-TUESTA, A., SANTOS, L.M.P. and ITURRI, J.A. Processos e desafios da interação entre pesquisa e política na perspectiva dos pesquisadores. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 7-15, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.23372017. Available from: http://ref.scielo.org/s5dsn4

BELFOR, J.A., et al. Competências pedagógicas docentes sob a percepção de alunos de medicina de universidade da Amazônia brasileira. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 73-82, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.21342017. Available from: http://ref.scielo.org/3tq7ks

DIAS, M.S.A, et al. Política Nacional de Promoção da Saúde: um estudo de avaliabilidade em uma região de saúde no Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 103-114, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.24682015. Available from: http://ref.scielo.org/hbc9sk

EGRY, E.Y., APOSTOLICO, M.R., MORAIS, T.C.P. Notificação da violência infantil, fluxos de atenção e processo de trabalho dos profissionais da Atenção Primária em Saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 83-92, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.22062017. Available from: http://ref.scielo.org/wfhxkr

EINLOFT, A.B.N., COTTA, R.M.M., ARAUJO, R.M.A. Promoção da alimentação saudável na infância: fragilidades no contexto da Atenção Básica. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 61-72, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.23522017. Available from: http://ref.scielo.org/h85c6y

GOMES, R., et al. Avaliação de percepções sobre gestão da clínica em cursos orientados por competência. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 17-28, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.26652015. Available from: http://ref.scielo.org/vr53kz

MENICUCCI, T.M.G., COSTA, L.A., MACHADO, J.Â. Pacto pela saúde: aproximações e colisões na arena federativa. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 29-40, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.17902015. Available from: http://ref.scielo.org/dmfxjp

PEDROSA, O.R., CAIS, J.; MONFORTE-ROYO, C. Emergencia del modelo de enfermería transmitido en las universidades españolas: una aproximación analítica a través de la Teoría Fundamentada. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 41-50, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.21132017. Available from: http://ref.scielo.org/xdkv3q

PRESADO, M.H.C.V., et al. Aprender com a Simulação de Alta Fidelidade. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 51-59, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.23072017. Available from: http://ref.scielo.org/n3fs6n

SIGNORELLI, M.C., TAFT, A., PEREIRA, P.P.G. Violência doméstica contra mulheres, políticas públicas e agentes comunitários de saúde na Atenção Primária Brasileira. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 1, pp. 93-102, ISSN: 1413-8123 [viewed 5 february 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018231.16562015. Available from: http://ref.scielo.org/qrvv64

Para ler os artigos, acesse

Ciênc. saúde coletiva vol.23 no.1 Rio de Janeiro Jan. 2018

Link externo

Ciência & Saúde Coletiva – CSC: <http://www.scielo.br/csc>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MINAYO, M.C.S. and GUALHANO, L. A pesquisa qualitativa dialoga com a política e a prática e subsidia mudanças em saúde [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2018 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2018/02/06/a-pesquisa-qualitativa-dialoga-com-a-politica-e-a-pratica-e-subsidia-mudancas-em-saude/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation