Category: Ciências Agrárias

Como as indústrias de alimentos e farmacêuticas poderiam se beneficiar com os resíduos do abacate?

Estudo investigou propriedades antioxidantes e antibacterianas de extratos de cascas, polpas e sementes das variedades de abacate Quintal, Fortuna, Hass e Margarida, potenciais fontes de compostos bioativos e antimicrobianos para as indústrias alimentícia, cosmética e farmacêutica. Read More →

Métodos testados por cientistas potencializam as propriedades das fibras alimentares

A capacidade das fibras alimentares de melhorar a digestão e o metabolismo está diretamente ligada às propriedades físico-químicas destes elementos, como a capacidade de retenção de água, ligação ao óleo e a cátions das fibras. Uma pesquisa constatou que é possível melhorar as características funcionais das fibras, através de métodos como a micronização e a extrusão. Read More →

Existe uma forma eficaz de tratar doenças bacterianas em peixes sem recorrer a antibióticos?

A expansão da aquicultura expõe, cada vez mais, peixes a doenças, como a aeromonose, causada pela bactéria Aeromonas hydrophila. Para tratar dessa infecção bacteriana, pesquisadores testaram a atividade antimicrobiana do óleo essencial extraído da planta Lippia origanoides. Os resultados foram obtidos através de um ensaio in vivo com 120 peixes. Read More →

Quais os principais fatores de virulência de Escherichia coli associados à diarreia em búfalos jovens?

Bezerros búfalos podem se infectar e desenvolver diarreia pela ação da Escherichia coli, mesmo agente bacteriano encontrado em bezerros bovinos diarreicos. No entanto, outros patotipos e toxinas parecem estar presentes nestes animais. Esse estudo identificou grande quantidade dos patotipos STEC, NTEC e a toxina EAST-1 em amostras de E. coli isoladas de fezes de búfalos, essas associadas com a diarreia causada por E. coli. Read More →

Qual o risco de exposição a compostos tóxicos ao consumir espumantes?

Compostos com potencial tóxico, como os carbonílicos e o álcool furfurílico podem ser encontrados em espumantes devido à contaminação ambiental das uvas ou a reações químicas ocorridas durante o processo de vinificação. Estudo avalia a quantidade destes compostos em espumantes e o risco que seu consumo apresenta à saúde. Read More →

Como se comporta o hipocótilo de cultivares de soja ao longo de várias épocas de plantio?

Na cultura da soja, o comprimento do hipocótilo é um dos fatores que evidencia a variabilidade genética destes cultivares. Por este motivo, pesquisa avaliou o comprimento do hipocótilo da cultura de soja ao longo de várias épocas de plantio, identificando cultivares de comportamento previsível e estável quanto a esse fator. Read More →

Qual a necessidade de se realizar procedimentos de caudectomia em ovinos?

Apesar de haver uma preocupação crescente com o bem-estar animal, procedimentos que causam dor e sofrimento em animais ainda são realizados com frequência pelos produtores, como é o caso da caudectomia, ou seja, o corte da cauda, em ovinos. Essa pesquisa coletou a opinião dos próprios ovinocultores sobre a caudectomia para tentar entender a real necessidade de realização dessa prática. Read More →

É possível tornar o morango mais seguro para o consumo?

O morango tem curta vida pós-colheita, e seu consumo apresenta riscos à saúde devido à contaminação microbiana. O estudo em questão apontou o ozônio como eficiente no controle de bolores, leveduras, mesófilos e aeróbios durante o armazenamento, sem afetar negativamente a qualidade físico-química dos morangos. Read More →

Semente e casca de umbu possuem nutrientes e compostos com potencial bioativo

Fruto nativo da caatinga, o umbu tem uma grande importância socioeconômica para agricultores familiares e microempresas da região produtora. Ele tem sido transformado em diferentes produtos como geleias, doces, polpas e sucos. Pesquisadores realizaram um raio-X do fruto e observaram que ele contém nutrientes e compostos com potencial bioativo também na sua semente e casca, além da sua parte comestível. Read More →

Quais os principais resultados e as vantagens e desvantagens do uso de protocolos de inseminação artificial em tempo fixo em suínos?

A inseminação artificial em tempo fixo pode ser uma tecnologia eficiente para otimizar processos de produção de suínos, ao definir o melhor momento para realizar uma única inseminação artificial. Ainda assim, algumas limitações dessa biotecnologia precisam ser consideradas pelos produtores. Nesta revisão de literatura, pesquisadores analisam os mais recentes protocolos de inseminação artificial em tempo fixo na produção de suínos, apontando suas vantagens e limitações. Read More →