Category: Press Releases

Transformações da forma urbana em cidades portuárias

A relação entre cidade e estrutura portuária é definitiva na forma urbana. O Porto funciona como um propulsor para a economia e cultura; no espaço urbano, incentiva usos voltados às atividades produtivas. A sua decadência tem impactos tão extensivos quanto o seu funcionamento, desencadeia readaptações de usos, distribuição e centralidades. Read More →

O periódico História (São Paulo) como prefácio do Programa de Pós-Graduação em História da Unesp

O sucesso da unificação dos periódicos da área de História da Unesp representou um marco na colaboração entre os Programas de Pós-Graduação da área, localizados nas unidades de Assis e Franca, e uma experiência valiosa na criação do novo Programa de Pós-Graduação em História da universidade. Read More →

Acupuntura reduz ansiedade em gestantes

Estudo clínico objetivou identificar os efeitos da auriculoterapia na ansiedade de gestantes durante o pré-natal de baixo risco. Verificou-se diminuição significante do Estado de Ansiedade no grupo intervenção, sugerindo que a prática é uma terapia em potencial, pertencente às Práticas Integrativas e Complementares – PICS, devendo ser incorporada às atividades de Atenção à Saúde da Mulher durante a gravidez. Read More →

Avanço do agronegócio no Oeste paulista durante o século XIX e a violência contra os povos indígenas

Tal qual no passado oitocentista, os problemas relativos ao avanço de fronteiras econômicas movimentaram as pautas cotidianas e trazem à tona os conflitos com as populações indígenas. É Preciso compreender a longa história de violência imposta aos indígenas no Brasil justificadas pelo agronegócio e povoamento. Read More →

Os paulistas e a abolição como estratégia de poder

Nos últimos anos do Império, organizou-se em São Paulo um grupo de cafeicultores decididamente politizados. Republicanos de meias sinceridades, viram na crise da escravidão, antes do que a consagração da igualdade social, uma janela de oportunidades para ampliar sua participação na administração pública. Adotaram então uma política de paciência estratégica, para que o desgaste político e econômico da abolição recaísse sobre a monarquia. Não à toa, foram os artífices da Primeira República. Read More →

O comércio de gentes nas praias do litoral norte de São Paulo

As belas praias do litoral norte paulista testemunharam uma das maiores tragédias da humanidade: o comércio de gentes sequestradas na África. Entre as décadas de 1830 e 1850, fazendas, sítios e barracões foram montados naquelas praias como partes da logística do tráfico de escravizados na clandestinidade. Muito antes da imigração que marcou as fazendas paulistas no final do oitocentos, o comércio negreiro esteve na base da estruturação das lavouras de café. Nesse texto, trataremos desse passado incômodo, doloroso e inglório que se quis esquecer. Read More →

Em busca de uma economia esquecida no fundo da Mata Atlântica

A mata atlântica, moldura do litoral da Baixada Santista, é mais que o testemunho da exuberante vegetação original do território. Guarda também os vestígios da primeira ocupação econômica da região, que esta pesquisa começa a desvendar, com o objetivo de publicar em um atlas interativo. Read More →

A expansão da malha fundiária paulista e a ocupação do sertão, séculos XVI ao XIX

Estudo busca discutir o processo de expansão da colonização das terras no rumo do oeste paulista. Analisa a interação entre a pequena lavoura de alimentos, baseada na terra informalmente ocupada, e a grande lavoura comercial e escravista. O artigo pretende apontar para o papel de desbravador das terras do sertão exercido pelos roceiros e posseiros, que são seguidos pelos grandes lavradores, que conseguem, por sesmarias ou compras, adquirir a terra dos primeiros. Read More →

A fazenda mista colonial paulista entre a economia e a cultura

Este texto é uma espécie de manifesto em prol de uma renovada vertente da história agrária colonial. Centra-se no modo de vida constituído no período colonial no espaço da capitania vicentina (São Paulo) que tinha, por epicentro, a vida na fazenda, entendida como microcosmo socioeconômico e cultural. Read More →

Balanço historiográfico e novas perspectivas sobre desenvolvimento econômico e expansão territorial de São Paulo

O estudo contextualiza a proposta do dossiê História da colonização em terras paulistas (séculos XVI-XX). Sob a luz da História Econômica, construiu-se um texto propositivo e de síntese com o objetivo de realizar um balanço historiográfico sobre os sentidos da colonização que configuraram a integração e a ampliação dos laços entre São Paulo e o mercado mundial, bem como de desenvolvimento do mercado interno. Read More →