Tag: Acta Paulista De Enfermagem

Fatores influenciadores na ocorrência de tipos penais no exercício profissional da enfermagem

A categoria profissional de enfermagem é composta por mais de 500.000 trabalhadores. Partindo do pressuposto que seres humanos são falíveis, devemos analisar a ocorrência de tipos penais na assistência sem julgamentos precipitados. O estudo aborda a análise de depoimentos profissionais com enfoque na discussão sobre problemas éticos no cotidiano profissional. Read More →

Pandemia traz visibilidade inédita aos profissionais de Enfermagem

Com base em matérias jornalísticas veiculadas na mídia nacional e internacional, o estudo mostra que as reportagens contribuíram para dar maior visibilidade ao trabalho da equipe de Enfermagem na pandemia da Covid-19, favorecendo melhorias para a categoria. Read More →

Fatores associados às malformações congênitas em nascidos vivos

O artigo objetivou estimar a prevalência de malformações congênitas e identificar os fatores associados em nascidos vivos. Estudo transversal, com dados do Sistema de Informações sobre nascidos vivos. Procedeu-se a análise estatística bivariada e multivariada (regressão logística múltipla). Registraram-se 346.874 nascidos vivos, desses 3.473 apresentaram algum tipo de malformação. Na análise múltipla os fatores, positivamente associados a prevalência foram: duração da gestação ≤37semanas, idade materna entre 20-29 anos, tipo de gravidez única, tipo de parto e consultas de pré-natal <6. Read More →

Tipos penais no exercício profissional da enfermagem: ficção ou realidade?

O questionamento é deveras intrigante e oportuno. Tipos penais e erros na assistência à saúde são assuntos polêmicos, porém, tratados somente de forma sensacionalista pela mídia. O estudo retrata um assunto pouco discutido no meio acadêmico, mas que pode impactar diretamente no cuidado ao cidadão e na imagem da profissão. Read More →

O guia para escrita de relatórios de pesquisa qualitativa – COREQ agora está disponibilizado em português

Os pesquisadores que adotam os métodos qualitativos com uso de entrevista e grupo focal em seus estudos agora têm disponível para uso a tradução validada para o português do Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research (COREQ). Read More →

Acupuntura reduz ansiedade em gestantes

Estudo clínico objetivou identificar os efeitos da auriculoterapia na ansiedade de gestantes durante o pré-natal de baixo risco. Verificou-se diminuição significante do Estado de Ansiedade no grupo intervenção, sugerindo que a prática é uma terapia em potencial, pertencente às Práticas Integrativas e Complementares – PICS, devendo ser incorporada às atividades de Atenção à Saúde da Mulher durante a gravidez. Read More →

Risco ocupacional: contaminação por COVID-19 em profissionais de saúde é mais frequente nas enfermarias do que UTIs

O estudo destaca como o fornecimento insuficiente de equipamentos de proteção individual aos profissionais de saúde, inadequado treinamento quanto ao uso destes e a sobrecarga de trabalho, são as razões da contaminação das equipes, que associado a sobrecarga dos sistemas de saúde podem elevar a ocorrência de óbitos destes profissionais. Read More →

Máscaras: qual a sua importância em uma pandemia?

O uso de máscaras de pano representa uma intervenção não farmacológica importante, protegendo a população da contaminação por bactérias vírus, principalmente em pandemias. Esta medida combinada com a higiene, desinfecção das superfícies de muitos contatos e etiqueta de tosse são eficazes para impedir a transmissão do coronavírus. Read More →

Os profissionais de saúde enfrentam a COVID-19 nos hospitais e expõe a própria vida para cuidar dos doentes

Texto discute os desafios dos profissionais de saúde na assistência aos pacientes com COVID-19, expondo-se a elevado risco de infecção. A utilização adequada dos equipamentos de proteção reduz o risco, porém é necessário ter disponível materiais de proteção, em quantidade suficiente e o profissional capacitado para sua utilização. Read More →

Brinquedos terapêuticos ajudam crianças a enfrentar o medo e a dor da punção venosa

Estudo realizado com o uso do brinquedo terapêutico em crianças internadas em hospital e submetidas à punção venosa confirmou que este recurso valioso é importante no enfrentamento da dor e do medo diante de situações de procedimentos técnicos que, por sua natureza, são geradores de estresse e sofrimento. Read More →