Tag: História

A reforma gerencial como uma forma de legitimar o estado social

A Reforma Gerencial visou legitimar o Estado Social que teve seu surgimento ainda nos anos 1940, tornando o provimento dos grandes serviços sociais universais mais eficientes. O Banco Mundial, responsável pelas reformas neoliberais, foi contra a Reforma Gerencial com o argumento do “sequenciamento”. A reforma gerencial do Estado começa no final do século XX, em alguns países não apenas ricos, como o Reino Unido e a Austrália, mas também de renda média como o Brasil e o Chile. Read More →

Leituras de “A Cabana do Pai Tomás” no Brasil escravista

No Brasil escravista do século XIX, a edição em português do livro “A Cabana do Pai Tomás” atenuava sua potencialidade crítica e transformadora. A edição continha intervenções do tradutor que permitiam, aos leitores do mundo lusófono, conceber o fim da escravidão num futuro bem mais distante. Read More →

Bioética é essencial?

O consentimento informado surgiu do julgamento das experiências nazistas durante a segunda guerra mundial. Apesar de mais de 60 anos, ainda há muito que refletir sobre essa exigência que busca proteger a vulnerabilidade dos participantes de pesquisa e assegurar seus direitos humanos. Read More →

Museu lança primeira edição de 2017 do Boletim de Ciências Humanas

Agora avaliado como Qualis/Capes A1 para Linguística, nossa primeira edição de 2017 apresenta também Arqueologia, Antropologia e História em 13 artigos que abordam desde a forma ancestral de se deparar com a morte até as maneiras como o câncer foi visto pela medicina brasileira no século XX. O tom é a ideia de tempo e espaço como criações simbólicas. Read More →

“Ciência, raça e eugenia”, na segunda metade do século XX, é tema de destaque em Varia Historia

As relações entre ciência, raça e eugenia geraram controvérsias de aspectos políticos e sociais desde longa data. Surpreendente, elas vêm assumindo novo fôlego em nossos dias. O tema é foco do novo dossiê da Varia Historia, que traz instigantes abordagens em seis artigos originais de renomados pesquisadores. Read More →

Museu Goeldi discute temas que vão desde a Antropologia à Comunicação em sua última edição de 2016

Da Antropologia à Comunicação, passando pelas também tradicionais áreas de abrangência como Arqueologia, Linguística e História, a nova edição do periódico científico mais antigo do norte do Brasil discute apropriação de espaços urbanos e rurais, estratégias de produção e sobrevivência, estabelecimento de redes sociais e trajetórias da Ciência no Brasil. Read More →

Como explicar o comportamento partidarizado dos principais meios de comunicação do Brasil?

Pesquisa analisa a interação entre meios de comunicação impressos e política, com ênfase nas condições estruturais e históricas que se relacionam à partidarização da mídia. Os autores mostram que as condições econômicas de produção impactam no modo como são elaboradas as notícias dos principais jornais do país. Read More →

Artigo estuda Machado de Assis em letra e música

Musicólogos de Minas Gerais recuperam partitura da versão do compositor Hostílio Soares para um dos poemas mais famosos de Machado de Assis, o soneto “A Carolina”, e estudam as relações entre a musicalidade da canção e do poema, homenagem póstuma do escritor à sua esposa e companheira por 35 anos. Read More →

A altmetria mudará a forma de medir a ciência?

O último número de 2016 traz reflexões sobre a altmetria, dentre elas o questionamento à efetividade de antigas métricas, como o fator de impacto. As crises dos modelos fordista e soviético, no final do século XX, revigoraram a crítica de Marx à sociabilidade capitalista? Confira a resposta no ensaio, mas acompanhe as implicações da implementação da educação permanente e da participação social em conselhos locais de saúde. Read More →

Psicanalistas debatem o especular na obra de Machado de Assis

Desde o século 20, há ampla discussão em torno do especular em Machado de Assis, centrada especialmente na fortuna crítica do conto “O espelho”. No número 18 de Machado de Assis em Linha, os psicanalistas Roland Chemama e Ana Maria Medeiros da Costa abordam o tema, desdobrando-o para a investigação estilística da obra machadiana. Read More →