Tag: História

(Re)Construindo revoluções: disputas pelas memórias de 1989 na Europa Central contemporânea

Pôster da exposição ‘89 ‘90 – 30 Éve Szabadon (‘89 ‘90 – 30 anos de liberdade), Budapeste. Fundo vermelho com colagens de trechos de textos e imagens.

As revoluções responsáveis pela queda de regimes comunistas na Europa Central completaram 30 anos em 2019. As diversas comemorações que marcaram a efeméride, apesar de partilharem um mesmo tema, promoveram narrativas destoantes. Exposições realizadas em Praga e Budapeste mostram como disputas pela memória se associam a embates políticos do presente. Read More →

Interpretar e significar o sentido de decoro empregado pela sociedade portuguesa do século XVIII

O estudo do vocabulário utilizado pela sociedade portuguesa do século XVIII, mais especificamente da palavra decoro, permite a compreensão das relações e ações que eram empreendidas pelos agentes históricos da época, no âmbito da política e da cultura letrada. Além disso, a investigação de Santos expressa como cada período possui suas próprias interpretações, mas isso não impede que noções antecedentes circulem e contribuam para uma nova formulação, que poderá perpassar diferentes âmbitos, do político, do cultural até o social. Read More →

Os privilégios honoríficos na cultura jurídico-política brasileira do século XIX

O “direito da nobreza” analisado à luz das mudanças e da cultura jurídico-políticas brasileiras no século XIX é o objeto do artigo em questão, que buscou, através da Constituição outorgada de 1824, dos textos doutrinários e dos Anais do Parlamento Brasileiro compreender a relação estabelecida entre o estado constitucional e os antigos privilégios de nascimento. Sendo o sistema constitucional, na letra da Constituição, o responsável por prever as principais alterações nas legislações e procedimentos vigentes reiterando, assim, o espaço monárquico constitucional como não vinculado juridicamente à nobreza. Read More →

Entre médicos e religiosos: percepções sobre os malefícios da gula

O artigo analisa como os excessos alimentares foram abordados na literatura médica e religiosa que circulou em Portugal durante o século XVIII. Os autores traçam um estudo comparativo das diferentes fontes, mostrando as semelhanças e diferenças nas representações sobre a gula. Read More →

Feminicídio e exploração de mulheres indígenas no Brasil do início do século XX

Documentos evidenciam práticas de violência estrutural contra indígenas, em particular mulheres, na região do Médio Rio Negro, no Amazonas. Read More →

A trajetória de D. Pedro Fernandes e a construção de uma igreja diocesana no Brasil

Uma releitura e reinterpretação de documentação acerca da vida e trajetória de D. Pedro Fernandes Sardinha, primeiro bispo da América Portuguesa, possibilita redesenhar o pensamento e as ações do prelado na construção de uma igreja diocesana no Brasil. Read More →

Horizontes Antropológicos aborda cruzamento entre antropologia histórica e povos indígenas

Horizontes Antropológicos se inscreve na intersecção entre diferentes temas e campos que tratam de questões contemporâneas – e futuras – para a etnografia e para a teoria antropológica, como os de antropologia histórica e protagonismo dos povos indígenas. Read More →

Explosivo Quebra-Bondes contra empresas dos Estados Unidos radicalizou a Revolução de 30 em Salvador

Na capital baiana, em outubro de 1930, trabalhadores e estudantes depredaram bens e perseguiram empregados da Linha Circular e da Energia Elétrica. O protesto é muito lembrado, mas permanece pouco conhecido. Em arquivos brasileiros e estrangeiros, pesquisadores encontraram respostas e formularam hipóteses sobre esse importante episódio das lutas sociais brasileiras. Read More →

O tribunal na atuação mercantil: corporativismo, boa fé e conflitos de interesse

O estudo das consultas ao tribunal da Real Junta de Comércio permite compreender os debates em torno da prática jurídica em relação ao comércio e os conflitos de interesse que permeavam a classe mercantil logo após a mudança da corte para o Rio de Janeiro. Read More →

Pioneirismo fabricado apaga herança indígena em Rondônia

As ondas de ocupação e colonização de promoção estatal em Rondônia levaram à fabricação de uma ideia de pioneirismo atribuída a imigrantes em prática racista contra as populações indígenas habitantes originais da área artificialmente estabelecida por uma cartografia ocidental arbitrária. Read More →