Tag: Educação

“Viver é melhor que sonhar”: empoderamento pela educação

Estudo apresenta uma organização da sociedade civil que há 34 anos tem impactado as vidas de mais de dez mil crianças, adolescentes e famílias nordestinas. Onde antes dominavam gangues, tráfico, fome, morte e violência, nascem novas oportunidades e poderes ora desconhecidos. A desesperança e o medo dão lugar à autonomia e aos sonhos – agora não tão distantes. Read More →

Um BASTA na violência sexual e em função de gênero na Universidade: a construção de diretrizes para orientar ações institucionais

Como acabar com a violência sexual e de gênero dentro das Universidades? Confira o estudo que analisou as condições de enfrentamento da violência em função de gênero no contexto universitário e propôs a construção de uma normativa, visando coibir esta violência e traçar caminhos para lidar com vítimas e agressores, sensibilizar e educar a comunidade universitária. Read More →

Quais as convergências e divergências da BNCC com as demais políticas públicas educacionais brasileiras?

Estudo apresenta uma análise crítica das convergências e divergências da BNCC com as demais políticas públicas, especialmente às que se referem à alfabetização e letramento nos anos iniciais do ensino fundamental da educação básica. A abordagem se deu via pesquisa documental e análise de conteúdo das políticas da educação brasileira. Read More →

O Programa “Ciência sem fronteiras” faz diferença na vida dos jovens universitários brasileiros?

Participar do Programa Ciência sem Fronteiras traz benefícios para a vida dos jovens universitários? Esta é uma pergunta que muitos brasileiros fazem devido ao investimento governamental em bolsas de estudos de graduação no exterior. Pesquisa apresenta aspectos que estudantes pontuam sobre os pontos positivos do CsF, principalmente quanto à valorização profissional. Read More →

O que há de comum entre Don Quixote e o Movimento Escola Sem Partido?

A que regras os discursos do Movimento Escola Sem Partido têm obedecido para fazer valer suas ideias? Estudo procura compreender estes discursos, identificando diferentes estratégias ideológicas que procuram instaurar uma visão dualista do mundo escolar brasileiro. Read More →

Quantos de nós veem? Nova “gramática visual” auxilia na criação de vídeos em línguas de sinais

Estudo propõe um conjunto de elementos para guiarem a produção de novos vídeos em línguas de sinais. Apresenta uma proposta de mapeamento e de codificação da composição desses vídeos, oferecendo as bases para a construção de uma gramática visual que dê suporte aos produtores de vídeos em línguas de sinais esquematizarem previamente suas concepções em representações icônicas. Read More →

Políticas educacionais: privatização do ensino e rotatividade docente

Dois temas centrais para as políticas educacionais são destaque em Educação e Pesquisa. Primeiro, a privatização da educação na América Latina, região em que mais aumentaram as matrículas privadas na educação básica, é abordada a partir da economia política da reforma educacional. O segundo discute as diferenças entre escolas de uma mesma rede pública a partir da rotatividade de professores, colocando à vista desigualdades no que tange à qualidade da educação oferecida. Read More →

Qual o papel da escola no uso da LIBRAS para educação de surdos?

Consagrada como língua natural, a LIBRAS ganha vulto no momento em que se consolidam as políticas de inclusão dos surdos. Desafios teóricos a serem superados são analisados em estudos conceituais sobre a LIBRAS, visando a integração da comunidade surda na escola e nos processos de alfabetização. Read More →

Desafiando poderes coloniais na construção do conhecimento acadêmico – autoetnografia performática, corpos e subjetividades

Entre (in)visibilidades de corpos (não) heteronormativos na educação médica, olhamos para nossos corpos. Em meio a gritos emudecidos de corpos negados pela sua “extrema subjetividade”, estudo autoetnográfico performático representa uma ousadia em falar e romper com os silêncios que a “Ciência” impõe, partindo do pessoal para o político. Read More →

Seria o uso de bebidas alcoólicas incentivado em propagandas de festas divulgadas em campi universitários?

Variadas motivações festivas foram identificadas na análise semiótica de 170 cartazes de festas veiculados em um campus, com menções a bebidas alcoólicas quase sempre presentes. Informalmente, o setor de produção e comércio de bebidas alcoólicas insere-se mercadologicamente no território do campus, raramente seguindo a legislação de marketing desses produtos. Read More →