Contexto internacional das políticas sociais e dos sistemas de saúde

Por Maria Cecília de Souza Minayo, Editora-chefe e Luiza Gualhano, Assistente de comunicação, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Este número temático traz um panorama das políticas sociais e dos sistemas de saúde no cenário nacional e internacional, seus avanços e as mudanças que foram enfrentadas nos vários regimes desde o século XX. Autores de diversas instituições de pesquisa, internacionais e nacionais, com experiência de investigação sobre as transformações contemporâneas das políticas sociais e de saúde redigiram artigos que trazem diversas abordagens analíticas e de temas.

O artigo de abertura explora os dilemas da defesa da proteção social numa era de capitalismo regressivo (EVANS, 2018). Os artigos seguintes podem ser lidos, pelo menos, em quatro perspectivas, tais como: as tendências recentes das reformas dos sistemas de proteção social (HUBER; NIEDZWIECKI, 2018); (KERSTENETZKY; GUEDES, 2018); as implicações da globalização, financeirização e hegemonia do neoliberalismo para esses sistemas, com foco nas agendas internacionais ou nas suas repercussões em contextos específicos (VIANA; SILVA, 2018); (GADELHA et al., 2018); (CORDILHA; LAVINAS, 2018); estudos de sistemas de saúde em perspectiva comparada, envolvendo diferentes temas e países (CONILL, et al., 2018); (FERREIRA; MENDES, 2018; MACHADO, 2018; PEREIRA; LIMA; MACHADO, 2018); além de estudos de caso de países sobre temas críticos para os serviços (atenção primária, assistência farmacêutica, gestão do trabalho), que buscam situar os casos no cenário internacional ou valorizar relações entre atores internacionais e nacionais (OLIVEIRA, 2018; SACHY; ALMEIDA; PEPE, 2018; SCHERER, et al., 2018).

Os artigos variam também em termos da escala de análise (global, internacional, regional, nacional) e abrangem: Europa, América Latina (PEREIRA, 2018); OCDE, BRICS (LOBATO, 2018); Espanha, França, Inglaterra, Portugal (MARQUES; MACEDO, 2018); Argentina, Brasil, Chile (ALMEIDA; OLIVEIRA; GIOVANELLA, 2018), México e Paraguai (CABRAL-BEJARANO et al., 2018); Argélia e Moçambique.

O Brasil é destaque em vários artigos (SANTOS; VIEIRA, 2018; SPOSATI, 2018). No momento em que a Constituição de 1988 e o Sistema Único de Saúde completam 30 anos, enfrentando ameaças de perdas de conquistas adquiridas, é primordial a compreensão dos desafios à consolidação da Seguridade Social e do SUS, à luz de questões mais amplas relacionadas ao modelo de desenvolvimento e à inserção do país no cenário internacional.

Referências

ALMEIDA, P.F., OLIVEIRA, S.C. and GIOVANELLA, L. Integração de rede e coordenação do cuidado: o caso do sistema de saúde do Chile. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2213-2228, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09622018. Available from: http://ref.scielo.org/5xgh4w

CABRAL-BEJARANO M.S., et al. Rectoría y gobernanza: dimensiones estructurantes para la implementación de Políticas de Atención Primaria de Salud en el Paraguay, 2008-2017. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2229-2238, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09242018. Available from: http://ref.scielo.org/2v6hbc

CONILL, E.M., et al. Determinantes sociais, condicionantes e desempenho dos serviços de saúde em países da América Latina, Portugal e Espanha. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp.2171-2186, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.07992018. Available from: http://ref.scielo.org/fj5t7t

CORDILHA, A.C. and LAVINAS, L. Transformações dos sistemas de saúde na era da financeirização. Lições da França e do Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2147-2158, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.11422018. Available from: http://ref.scielo.org/tvz6ks

EVANS, P. Sustentando a Proteção e a Provisão Social: a linha de frente na batalha pela “Boa Sociedade”. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2081-2084, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.10372018. Available from: http://ref.scielo.org/r66bfw

FERREIRA, M.R.J. and MENDES, A.N. Mercantilização nas reformas dos sistemas de saúde alemão, francês e britânico. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2159-2170, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.12972018. Available from: http://ref.scielo.org/gdx64w

GADELHA, C.A.G., et al. Transformações e assimetrias tecnológicas globais: estratégia de desenvolvimento e desafios estruturais para o Sistema Único de Saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2119-2132, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09452018. Available from: http://ref.scielo.org/m4m8ww

HUBER, E. and NIEDZWIECKI, S. Mudanças nos Sistemas de Proteção Social no Contexto de Transformações das Economias Políticas desde os anos 1980. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2085-2094, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.07752018. Available from: http://ref.scielo.org/hyqcwr

KERSTENETZKY, C.L. and GUEDES, G.P. O Welfare State resiste? Desenvolvimentos recentes do estado social nos países da OCDE. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2095-2106, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.08702018. Available from: http://ref.scielo.org/2tdp92

LOBATO, L.V.C. A questão social no projeto do BRICS. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2133-2146, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09072018. Available from: http://ref.scielo.org/fx3gwt

MACHADO, C.V. Políticas de Saúde na Argentina, Brasil e México: diferentes caminhos, muitos desafios. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2197-2212, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.08362018. Available from: http://ref.scielo.org/vcgt3c

MARQUES, A.P.P. and MACEDO, A.P.M.C. Políticas de saúde do Sul da Europa e desregulação das relações de trabalho: um olhar sobre Portugal. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2253-2264, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09282018. Available from: http://ref.scielo.org/gp4hz6

OLIVEIRA, R.G. Sentidos das Doenças Negligenciadas na agenda da Saúde Global: o lugar de populações e territórios. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2291-2302, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09042018. Available from: http://ref.scielo.org/bv262k

PEREIRA, A.M.M., LIMA, L.D. and MACHADO, C.V. Descentralização e regionalização da política de saúde: abordagem histórico-comparada entre o Brasil e a Espanha. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2239-2252, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.08922018. Available from: http://ref.scielo.org/hd7g6q

PEREIRA, J.M.M. Banco Mundial, reforma dos Estados e ajuste das políticas sociais na América Latina. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2187-2196, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.08022018. Available from: http://ref.scielo.org/z7x54j

SACHY, M., ALMEIDA, C. and PEPE, V.L.E. Assistência Farmacêutica em Moçambique: a ajuda externa na provisão pública de medicamentos. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2277-2290, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09332018. Available from: http://ref.scielo.org/w7224n

SANTOS, I.S. and VIEIRA, F.S. Direito à saúde e austeridade fiscal: o caso brasileiro em perspectiva internacional. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2303-2314, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.09192018. Available from: http://ref.scielo.org/h654gy

SCHERER, M.D.A., et al. Desafios para o trabalho em saúde: um estudo comparado de Hospitais Universitários na Argélia, Brasil e França. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2265-2276, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.08762018. Available from: http://ref.scielo.org/z248kc

SPOSATI, A. Descaminhos da seguridade social e desproteção social no Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2315-2325, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.10202018. Available from: http://ref.scielo.org/g7xfkm

VIANA, A.L.d’Á. and SILVA, H.P. Meritocracia neoliberal e capitalismo financeiro: implicações para a proteção social e a saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 7, pp. 2107-2118, ISSN: 1413-8123 [viewed 2 August 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018237.07582018. Available from: http://ref.scielo.org/myh8rt

Para ler os artigos, acesse

Ciênc. saúde coletiva vol.23 no.7 Rio de Janeiro July 2018

Link externo

Ciência & Saúde Coletiva – CSC: <http://www.scielo.br/csc>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

Contexto internacional das políticas sociais e dos sistemas de saúde [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2018 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2018/08/02/contexto-internacional-das-politicas-sociais-e-dos-sistemas-de-saude/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation