São os jovens protagonistas de seu futuro ou vítimas de políticas desastradas?

Por Maria Cecília de Souza Minayo, Editora-chefe e Luiza Gualhano, Assistente de comunicação, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

A vida dos adolescentes e jovens nunca lhes foi fácil porque sua marca é a rebeldia e a tentativa de inovar. No entanto, no momento presente, as dificuldades são ainda maiores tanto no plano educacional como no de inserção social. Geralmente acabam sendo alvo de incompreensões e discriminações que, sinérgicas e contraditórias, repercutem direta e indiretamente em suas condições de vida e saúde. Refletir sobre tais repercussões é o objetivo desta Edição Temática que traz a contribuição de estudiosos de cinco países: Brasil, Portugal, Argentina, Uruguai e Escócia. O conjunto de textos apesentados em Ciência & Saúde Coletiva (vol. 23, no. 9) proporciona uma reflexão de base empírica. Do ponto de vista internacional são estudados o suicídio, o envolvimento com crime; o sistema socioeducativo; o sistema prisional (FERNANDES, et al., 2018); a violência na escola; a saúde sexual e reprodutiva (MARCO; FERRARIS; LANGSAM 2018); a carga de doenças (ALEMAN, et al., 2018); as políticas dedicadas a protegê-los (SCHAEFER, et al., 2018) e sua inserção nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) (AGOSTO, et al., 2018). Já os textos de autores brasileiros abordam a violência no trânsito (MOREIRA, et al., 2018); a saúde na escola (SILVA; ASSIS, 2018); a saúde bucal; a anorexia (CASTRO, et al., 2018); o aborto clandestino (FERRARI; PEREZ; NASCIMENTO, 2018) e as iniciativas e programas (REIS; MALTA; FURTADO, 2018) voltados para eles, dentre outros. Todos articulam fontes primárias e secundárias.

Esta edição oferece assim, subsídios para políticas públicas em âmbito nacional e internacional; reafirma a necessidade das propostas garantidoras de direitos e de distribuição de justiça social. No caso brasileiro, os autores ressaltam o quão cruel é o plano de ajuste fiscal atualmente vigente, cuja consequência é a ampliação da desigualdade e a diminuição de oportunidades, especialmente para jovens pobres. O que significa uma restrição de horizontes possíveis para o futuro.

O investimento público em adolescentes e jovens é o consenso maior deste número temático, considerado como a única forma democrática de oferecer-lhes possibilidades de futuro que, em última instância, é o futuro de cada sociedade.

Referências

AGOSTO, G., et al. La Agenda 2030 como herramienta de desarrollo para los jóvenes en Argentina. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2797-2802, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.13472018. Available from: http://ref.scielo.org/fc7x97

ALEMAN, A., et al. Carga de enfermedad de los adolescentes en Uruguay y su comparación con la de América Latina y el Caribe. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2813-2820, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.13702018. Available from: http://ref.scielo.org/yjwhwc

CASTRO, P.S. and BRANDÃO, E.R. Desafios da atenção à anorexia nervosa na adolescência: etnografia em serviço público de saúde no Rio de Janeiro, Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2917-2926, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.11222018. Available from: http://ref.scielo.org/wwz9ns

FERNANDES, F.L., et al. Doxa da rehabilitação e o julgamento professional. Uma análise da violência simbólica na provisão de cuidados em saúde no sistema prisional escocês. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2869-2877, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.13412018. Available from: http://ref.scielo.org/t3s87r

FERRARI, W., PERES, S. and NASCIMENTO, M. Experimentação e aprendizagem na trajetória afetiva e sexual de jovens de uma favela do Rio de Janeiro, Brasil, com experiência de aborto clandestino. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2937-2950, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.11312018. Available from: http://ref.scielo.org/d2b2zf

MARCO, M.H.D., FERRARIS, S. and LANGSAM, M. Jóvenes, enfermedades de transmisión sexual y derechos. Panorama nacional y regional en Argentina. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2835-2848, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.13382018. Available from: http://ref.scielo.org/k4jkqh

MOREIRA, M.R., et al. Mortalidade por acidentes de transporte de trânsito em adolescentes e jovens, Brasil, 1996-2015: cumpriremos o ODS 3.6?. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2785-2796, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.17082018. Available from: http://ref.scielo.org/zy7d3q

REIS, A.A.C., MALTA, D.C. and FURTADO, L.A.C. Desafios para as políticas públicas voltadas à adolescência e juventude a partir da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE). Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2879-2890, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.14432018. Available from: http://ref.scielo.org/5d4mtp

SCHAEFER, R., et al. Políticas de Saúde de adolescentes e jovens no contexto luso-brasileiro: especificidades e aproximações. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2849-2858, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.11202018. Available from: http://ref.scielo.org/n67xbp

SILVA, F.R. and ASSIS, S.G. A prevenção à violência em programas interdisciplinares que atuam em escolas brasileiras e portuguesas. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 9, pp. 2899-2908, ISSN: 1413-8123 [viewed 25 October 2018]. DOI: 10.1590/1413-81232018239.12422018. Available from: http://ref.scielo.org/zbs2j4

Para ler os artigos, acesse

Ciênc. saúde coletiva vol.23 no.9 Rio de Janeiro set. 2018

Link externo

Ciência & Saúde Coletiva – CSC: <http://www.scielo.br/csc>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MINAYO, M.C.S. and GUALHANO, L. São os jovens protagonistas de seu futuro ou vítimas de políticas desastradas? [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2018 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2018/10/26/sao-os-jovens-protagonistas-de-seu-futuro-ou-vitimas-de-politicas-desastradas/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation