Impacto da pandemia de COVID-19 sobre a saúde mental da população brasileira

Doroteia Aparecida Höfelmann, Editora Associada da Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde: revista do Sistema Único de Saúde do Brasil, Docente da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR, Brasil.

O artigo “Relato de tristeza/depressão, nervosismo/ansiedade e problemas de sono na população adulta brasileira durante a pandemia de COVID-19, publicado na Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde: revista do Sistema Único de Saúde do Brasil” (RESS, vol. 29, no. 4), analisou a frequência de tristeza, nervosismo e alterações do sono na população brasileira durante a pandemia de Covid-19.

O estudo é parte da “Convid – Pesquisa de Comportamentos”, e envolveu pesquisadores da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade Estadual de Campinas. A publicação conta com informações de 45.161 brasileiros, que, no período de 24 de abril e 24 de maio de 2020, responderam a um questionário virtual.

Durante a pandemia, 4 a cada 10 participantes se sentiram frequentemente tristes ou deprimidos, e 5, frequentemente ansiosos ou nervosos. Além disso, 44% relataram início de problemas de sono, e quase metade, problemas de sono preexistente agravado. Tristeza, nervosismo frequentes e alterações do sono estiveram mais presentes entre adultos jovens, mulheres e pessoas com antecedentes de depressão.

Imagem: Anh Nguyen

De acordo com os autores, foram identificados como estressores na pandemia de Covid-19 “a veiculação de informações falsas e sem base científica, as notícias alarmantes e o excesso de tempo dedicado às notícias sobre a pandemia, além de condições bastante concretas de falta de alimentos, de recursos financeiros e de medicação para outras doenças”.

Os resultados chamam a atenção para a importância de ofertar serviços de atenção à saúde mental e à qualidade do sono, com especial foco nas mulheres, adultos jovens e pessoas com antecedentes de depressão anterior à pandemia. Entender as modificações que ocorreram na vida das pessoas relacionadas à pandemia de COVID-19 é essencial para organizar ações para a redução do seu impacto nas condições emocionais e mentais da população.

Referências

CAVALCANTE, J. R. et al. COVID-19 no Brasil: evolução da epidemia até a semana epidemiológica 20 de 2020. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2020, vol. 29, no. 04 [viewed 02 December 2020]. https://doi.org/10.5123/s1679-49742020000400010. Available from: http://ref.scielo.org/37yrgn

GARCIA, L. P. et al. Infodemia: excesso de quantidade em detrimento da qualidade das informações sobre a COVID-19. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2020, vol. 29, no. 04 [viewed 02 December 2020]. https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000400019. Available from: http://ref.scielo.org/82vn2m

MALTA, D. C. et al. A pandemia da COVID-19 e as mudanças no estilo de vida dos brasileiros adultos: um estudo transversal, 2020. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2020, vol. 29, no. 04 [viewed 02 December 2020]. https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000400026. Available from: http://ref.scielo.org/hkq7sy

Para ler o artigo, acesse

BARROS, M. B. A. et al. Relato de tristeza/depressão, nervosismo/ansiedade e problemas de sono na população adulta brasileira durante a pandemia de COVID-19. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2020, vol. 29, no. 4 [viewed 02 December 2020]. https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000400018. Available from: http://ref.scielo.org/scv3n8

Links externos

Página da Pesquisa Convid: https://convid.fiocruz.br/index.php?pag=principal

Revista Epidemiologia e Serviço de Saúde – RESS: https://www.scielo.br/ress

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

HÖFELMANN, D. A. Impacto da pandemia de COVID-19 sobre a saúde mental da população brasileira [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2020 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2020/12/02/impacto-da-pandemia-de-covid-19-sobre-a-saude-mental-da-populacao-brasileira/

 

One Thought on “Impacto da pandemia de COVID-19 sobre a saúde mental da população brasileira

  1. Que assunto excelente, eu acho que muita gente tem sofrido em silêncio nessa pandemia. Que dê tudo certo logo; Adorei o artigo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation