Identificação de características prognósticas da sarcoidose pulmonar permite predizer seu desenvolvimento

Ana Helena Ribas, Assessora de Comunicação da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Brasília, DF, Brasil.

https://www.scielo.br/media/images/jbpneu_glogo.gifEm artigo original publicado no Jornal Brasileiro de Pneumologia, vol. 48, n.1, de janeiro/fevereiro de 2022, Características prognósticas da evolução da sarcoidose em uma coorte brasileira, os pneumologistas Marina Dornfeld Cunha Castro, Carlos Alberto de Castro Pereira e Maria Raquel Soares buscaram identificar características preditivas associadas à evolução da sarcoidose não fibrótica.

O estudo incluiu a avaliação retrospectiva de pacientes de três centros especializados em doenças intersticiais pulmonares em São Paulo (SP): Hospital São Paulo, Hospital do Servidor Público Estadual e Clínica Dr. Carlos Alberto de Castro Pereira, atendidos entre janeiro de 1990 e dezembro de 2015.

Os autores analisaram uma coorte de 200 pacientes com sarcoidose pulmonar, sendo 160 com doença não fibrótica e 40 com doença fibrótica. Os pacientes foram classificados de acordo com a evolução: autolimitada, em caso de involução espontânea ou após o primeiro tratamento, ou persistente.

Imagem: Unsplash

A partir de dados clínicos, radiológicos e funcionais, os autores compararam os pacientes dos dois grupos, relacionaram as características prognósticas significativas para a evolução e propuseram um sistema de escore e estadiamento.

“Neste estudo multicêntrico brasileiro, observamos que o diagnóstico tardio (após 12 meses de início de sintomas), o comprometimento pulmonar parenquimatoso (estádios II e III), a presença de dispneia, a redução da função pulmonar e o comprometimento extratorácico relevante foram os fatores prognósticos associados à doença persistente no subgrupo de sarcoidose pulmonar não fibrótica”, informa Marina Dornfeld Cunha Castro, pneumologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A sarcoidose é uma doença granulomatosa multissistêmica com expressão clínica e evolução heterogêneas, variando desde uma forma assintomática e autolimitada, até uma doença com grave perda de função e potencialmente fatal. Portanto, a identificação de características basais associadas à evolução pode auxiliar no manejo da doença e na predição do prognóstico, reforçam os pesquisadores.

Leia mais

BALDI, B.G., et al. Highlights of the Brazilian Thoracic Association Guidelines for Interstitial Lung Diseases. Jornal Brasileiro de Pneumologia [online]. 2012, vol. 38, no. 3, pp. 282-291 [viewed 15 February 2022]. https://doi.org/10.1590/S1806-37132012000300002. Available from: https://www.scielo.br/j/jbpneu/a/gKLv6ryk5PnCdn5C95DPkcw/?lang=en

Para ler o artigo, acesse

CASTRO, M.D.C., PEREIRA, C.A.C. and SOARES, M.R. Características prognósticas da evolução da sarcoidose em uma coorte brasileira. Jornal Brasileiro de Pneumologia [online]. 2022, vol. 48, no. 1, e20210366 [viewed 15 February 2022]. https://doi.org/10.36416/1806-3756/e20210366. Available from: https://www.scielo.br/j/jbpneu/a/JPYmLsBRMxKR8wbX83d3Zhb/abstract/?lang=pt

Link(s)

Jornal Brasileiro de Pneumologia – Características prognósticas da evolução da sarcoidose em uma coorte brasileira: http://www.jornaldepneumologia.com.br/details/3641/pt-BR/caracteristicas-prognosticas-da-evolucao-da-sarcoidose-em-uma-coorte-brasileira

Jornal Brasileiro de Pneumologia: http://www.jornaldepneumologia.com.br/

Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia – SBPT: https://sbpt.org.br/portal/

Jornal Brasileiro de Pneumologia – JBPNEU: https://www.scielo.br/j/jbpneu/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

RIBAS, A.H. Identificação de características prognósticas da sarcoidose pulmonar permite predizer seu desenvolvimento [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2022 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2022/02/23/identificacao-de-caracteristicas-prognosticas-da-sarcoidose-pulmonar-permite-predizer-seu-desenvolvimento/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation