Quais os benefícios do consumo de açaí na função vascular?

Por Vanessa Brauer, Assessora de Imprensa, Sociedade Brasileira de Cardiologia, São Paulo, SP, Brasil

O açaí é uma fruta muito popular no Brasil, principalmente entre os praticantes de atividades físicas. Recentemente, o nutricionista, Heitor Oliveira Santos, da Universidade Federal de Uberlândia, publicou no International Journal of Cardiovascular Sciences – IJCS (vol. 32, no. 2) – mantida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, o artigo “Effect of Açaí (Euterpe Oleracea) intake on vascular function and lipid profile: What is the recommendation?” sobre o efeito do consumo de açaí na função vascular e no perfil lipídico das pessoas.

O açaí contém um perfil nutricional interessante para saúde cardiovascular (SCHAUSS, et al., 2006), pois nele há uma quantidade considerável de fibras alimentares, “vitamina E” e gorduras, cuja maioria são monoinsaturadas. A fruta também é rica em antocianinas e contém β-sitosterol. Em conjunto, estes nutrientes podem auxiliar na saúde do coração, explica Santos (PERONA; CABELLO-MORUNO; RUIZ-GUTIERREZ, 2006).

O efeito mais importante do açaí na função vascular é a vasodilatação que ocorre devido à ação das antocianinas. Uma forma fácil de monitorar essa ação é a medição da pressão arterial. Apesar do consumo da fruta não melhorar diretamente a pressão arterial em indivíduos normotensos, a ingestão de 150gr de polpa de açaí em um teste agudo causou um aumento de 1,4% na dilatação mediada por fluxo da artéria braquial nos participantes do estudo, uma melhora significativa na função vascular. Outro benefício apresentado pelo consumo da fruta foi a redução dos índices de colesterol total e triglicérides e o aumento dos níveis de HDL.

Apesar dos bons resultados, é preciso ter cautela sobre a supervalorização dos efeitos no perfil lipídico e na função vascular. O cacau em pó, chocolate amargo e oleaginosas (amêndoas, castanhas e nozes) como itens alimentares adicionais à polpa do açaí podem potencializar os efeitos cardiovasculares. Já outros, adicionados aos preparados de açaí, como açúcar, mel, leite condensado e achocolatado, podem ser prejudiciais quando consumidos em excesso, alerta o nutricionista.

Referências

PERONA, J.S., CABELLO-MORUNO, R. and RUIZ-GUTIERREZ, V. The role of virgin olive oil components in the modulation of endothelial function. J Nutr Biochem [online]. 2006, vol. 17, no. 7, pp. 429-445, ISSN: 0955-2863 [viewed 7 May 2019]. DOI: 10.1016/j.jnutbio.2005.11.007. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16481154

SCHAUSS, A.G., et al. Phytochemical and nutrient composition of the freeze-dried amazonian palm berry, Euterpe oleraceae mart. (acai). J Agric Food Chem [online]. 2006, vol. 54, no. 22, pp. 8598-8603, ISSN: 0021-8561 [viewed 7 May 2019]. DOI: 10.1021/jf060976g. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17061839

Para ler o artigo, acesse

SANTOS, H.O. Effect of Açaí (Euterpe Oleracea) intake on vascular function and lipid profile: What is the recommendation?. Int. J. Cardiovasc. Sci. [online]. 2019, vol. 32, no. 2, pp. 190-192, ISSN: 2359-4802 [viewed 7 May 2019]. DOI: 10.5935/2359-4802.20180077. Available from: http://ref.scielo.org/p8m2mx

Link externo

International Journal of Cardiovascular Sciences – IJCS: <www.scielo.br/ijcs>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

BRAUER, V. Quais os benefícios do consumo de açaí na função vascular? [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2019 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2019/05/06/quais-os-beneficios-do-consumo-de-acai-na-funcao-vascular/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation