Insegurança alimentar em crianças: a importância do contexto socioeconômico

Thaynã Ramos Flores, Editora Associada da RESS, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas/RS, Brasil.

A insegurança alimentar (IA) é considerada uma expressão das desigualdades socioeconômicas e de contexto no qual os indivíduos estão inseridos. A pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) mostrou o avanço da IA entre indivíduos mais vulneráveis, sendo em muitos casos uma situação anterior ao cenário atual de pandemia. A prevalência de IA entre pré-escolares da rede pública de ensino, em São José dos Pinhais, na região Sul do Brasil, foi de 34,7%, sendo que 9,0% das crianças estavam classificadas em IA moderada/grave.

Os meninos e pré-escolares pertencentes às famílias de menor tercil de renda apresentaram maior chance de IA considerada leve. Esses dados estão apresentados no artigo intitulado Insegurança alimentar e fatores sociodemográficos em crianças de São José dos “Pinhais, Paraná, 2017: estudo transversal”, de Chapanski VR, et al. (2021), publicado no periódico Epidemiologia e Serviços de Saúde: revista do Sistema Único de Saúde do Brasil (RESS, vol. 30, n. 4). O artigo apresenta a associação entre insegurança alimentar e fatores socioeconômicos e demográficos em pré-escolares.

Os dados foram obtidos por meio de entrevistas realizadas entre maio e novembro de 2017, com as mães de crianças entre 18 e 35 meses de idade que estavam matriculadas na rede pública de ensino de São José dos Pinhais, Paraná, Brasil. A insegurança alimentar foi mensurada utilizando-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA), versão 2009, traduzida e validada para a língua portuguesa. A classificação da segurança alimentar obedeceu aos critérios propostos por Reichenheim e colaboradores.

Imagem: Adobe Stock

Os autores identificaram que a maior parte da amostra foi classificada em segurança alimentar (65,3%). Porém, os dados chamam a atenção para a alta prevalência de IA, que foi superior em crianças cujas mães tinham menor escolaridade e aquelas pertencentes a famílias de menor tercil de renda, mesmo encontrando-se diferença estatisticamente significativa apenas para renda per capita e sexo da criança.

O artigo aborda um tema que parecia estar adormecido por outras questões nutricionais mais urgentes, como o aumento do excesso de peso e o maior consumo de alimentos calóricos e ultraprocessados. No entanto, a pandemia reacendeu os problemas enfrentados por famílias em maior vulnerabilidade. Os autores concluem que a prevalência de IA foi alta e esteve associada a fatores demográficos e socioeconômicos. Esses achados podem contribuir para o conhecimento da realidade de crianças pré-escolares e para o acompanhamento das políticas que visam garantir o direito à segurança alimentar e nutricional.

Referências

BRASIL. Emenda Constitucional no 64 de 4 de fevereiro de 2010. Constituição da República Federativa do Brasil. 2010 [viewed 9 December 2021]. Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/Constituicao.htm#art6.

BRASIL. Lei no 11.346, de 15 de setembro de 2006. Presidência da República, Casa Civil. 2006 [viewed 9 December 2021]. Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11346.htmLinks

Links externos

Para ler as últimas publicações da RESS, acesse: http://ress.iec.gov.br/

Epidemiologia e Serviços de Saúde – RESS: https://www.scielo.br/ress

Para ler o artigo, acesse:

CHAPANSKI, R.V., et al. Insegurança alimentar e fatores sociodemográficos em crianças de São José dos Pinhais, Paraná, 2017: estudo transversal. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online], 2021, vol. 30, no. 4, e2021032 [viewed 9 December 2021]. https://doi.org/10.1590/S1679-49742021000400008. Available from: https://scielosp.org/article/ress/2021.v30n4/e2021032/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

FLORES, T.R. Insegurança alimentar em crianças: a importância do contexto socioeconômico [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2021 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2021/12/13/inseguranca-alimentar-em-criancas-a-importancia-do-contexto-socioeconomico/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation