O longo caminho da formalização das profissões auxiliares em saúde bucal no Brasil

Sandra Garrido de Barros, Professora Associada da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (FO-UFBA), Salvador, BA, Brasil.

Thais Aranha Rossi, Cirurgiã-dentista e pesquisadora na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Professora do Departamento de Ciências da Vida da Universidade do Estado da Bahia (DCV-UNEB), Salvador, BA, Brasil.

O artigo O poder legislativo e a regulamentação das profissões auxiliares em saúde bucal discute o processo de formalização das profissões de auxiliar e técnico em saúde bucal (ASB e TSB) no poder legislativo no Brasil, a partir do referencial da sociologia genética de Pierre Bourdieu. Trata-se de um subprojeto da pesquisa “A gênese da política de saúde bucal nos âmbitos nacional e municipal”, coordenado pela professora da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (FO-UFBA), Sandra Garrido de Barros, financiado por meio do Edital Fapesb n. 17/2013, Jovem Cientista Baiano (T.O. n. JCB0040/2013). O estudo evidenciou que a grande questão em disputa eram as atividades desenvolvidas pelo técnico em saúde bucal (TSB), em virtude dos diferentes pontos de vista sobre a realização ou não de procedimentos clínicos por estes profissionais, sob supervisão direta ou indireta do cirurgião-dentista. Foi incorporada à legislação a visão mais progressista, relacionada com a viabilização de políticas públicas de saúde.

Imagem: Unsplash

O estudo foi realizado entre 2015-2016, contando com a participação da cirurgiã-dentista Juliana Minho Jordan, à época bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). A professora Thaís Regis Aranha Rossi, do Departamento de Ciências da Vida da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e cirurgiã-dentista da Universidade Federal da Bahia (UFBA) também participou da pesquisa, que teve a colaboração das professoras Lana Bleicher, da FO-UFBA, e Catharina Leite Matos Soares, do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, no desenvolvimento do artigo.

O artigo explora as diferenças entre os projetos legislativos relacionados com o tema apresentados até 2015, por políticos de diferentes partidos, as entidades de classe interessadas na questão (FIO, FNO, ABO, CFO, ANATO, entre outras), suas posições e tomadas de posição. São apresentadas as estratégias adotadas para conseguir a regulamentação das duas profissões auxiliares em 2008.

A articulação entre representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário foi o que possibilitou a regulamentação das profissões de TSB e ASB no país. Todo esse processo esteve vinculado às disputas internas ao campo odontológico, sendo resultado da luta dos projetos relacionados aos interesses do pólo privado (Odontologia de Mercado) e do pólo público (implementação das equipes de saúde bucal e ampliação da oferta de serviços).

Leia mais

BARBOSA, S.N. Pessoal auxiliar em Odontologia: regulamentação das profissões de THD e ACD. Rev Divulg Saúde para Debate. 1991, vol. 6, pp. 37-39.

FRAZÃO, P. and NARVAI, P.C. Lei n.11.889/2008: avanço ou retrocesso nas competências do técnico em sáude bucal? Trabalho, Educação e Saúde [online]. 2011, vol. 9, no. 1, pp. 109-123 [viewed 10 June 2022]. https://doi.org/10.1590/s1981-77462011000100008. Available from: https://www.scielo.br/j/tes/a/zMbTQFtSrKTrq5PvXDys3CF/

NARVAI, P.C., et al. Contra o técnico em higiene dental. Revista Saúde em Debate. 1989, vol. 28, pp. 59-65.

NARVAI, P.C. Em defesa do técnico em saúde bucal. Revista Divulgação em Saúde para Debate. 1991, vol. 6, pp. 27-34.

SOARES, C.L.M., et al. O movimento da Saúde Bucal Coletiva no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2017, vol. 22, no. 6, pp. 1805-1816 [viewed 10 June 2022]. https://doi.org/10.1590/1413-81232017226.22972016. Available from: https://www.scielo.br/j/csc/a/d6CfgbYGjnLVqj7tMZyMmrR/

Para ler o artigo, acesse

BARROS, S.G., et al. O poder legislativo e a regulamentação das profissões auxiliares em saúde bucal. RGO – Revista Gaúcha de Odontologia [online]. 2022, vol. 70, e20220015 [viewed 10 June 2022]. https://doi.org/10.1590/1981-86372022001520200121. Available from: https://www.scielo.br/j/rgo/a/wYXZQJFdTtdtLv9yQCX3bnq/

Link(s)

Perfil das autoras no Instagram: @san_garrido, @thaisaranha

Perfil das instituições no Instagram: @foufba.oficial, @ufbaempauta, @oficialdcv, @oficialuneb

Perfil do periódico no Instagram: @revistargo

Revista Gaúcha de Odontologia – RGO: https://www.scielo.br/j/rgo/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

BARROS, S.G. and ROSSI, T.A. O longo caminho da formalização das profissões auxiliares em saúde bucal no Brasil [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2022 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2022/06/13/o-longo-caminho-da-formalizacao-das-profissoes-auxiliares-em-saude-bucal-no-brasil/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation