Você é o que você come: investigando a ecologia de aves através da análise de elementos químicos

Ana Beatriz Navarro, Doutoranda no Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Luís Fábio Silveira, Vice-diretor e curador das Coleções Ornitológicas do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Logo do periódico Zoologia (Curitiba)

No novo artigo científico Perspectives and challenges on isotopic ecology of terrestrial birds in Brazil, os autores revisam e exploram as perspectivas e desafios do uso da análise de isótopos estáveis em estudos sobre a ecologia de aves no Brasil. Isótopos estáveis nada mais são do que espécies de um mesmo elemento químico com diferente número de nêutrons no núcleo, sendo que os isótopos ocorrem em diferentes proporções nos ecossistemas e seus organismos. Como os animais são quimicamente compostos por aquilo que eles comem, através da análise isotópica de um pequeno pedaço de tecido animal é possível obter uma série de informações sobre aquele indivíduo. Mas quais são os elementos químicos mais utilizados nesses estudos? E como cada uma dessas medidas pode auxiliar pesquisadores a entenderem melhor sobre a história natural de uma espécie?

Considerando que o Brasil é um dos países com maior diversidade de espécies de aves, os autores do estudo se propuseram a direcionar como a comunidade científica pode utilizar estar ferramenta para impulsionar pesquisas brasileiras neste tema. A análise isotópica de carbono e nitrogênio é bastante utilizada por pesquisadores que estudam sobre a dieta das espécies, podendo acessar informações como quais são os tipos de alimentos consumidos e os tipos de ambiente utilizados para a obtenção dos alimentos.

Já a análise isotópica de hidrogênio e oxigênio pode ser bastante informativa para pesquisadores que visam entender e determinar as rotas migratórias de aves, inclusive auxiliando em estudos forenses para apontar possíveis rotas de tráfico de animais silvestres. Esta análise também tem potencial para ser utilizada em estudos sobre o estresse nutricional em aves causado por grandes perturbações no ambiente. E mais recentemente esta ferramenta vem sendo empregada em estudos históricos, utilizando espécimes de aves depositados em museus, tornando possível o entendimento da ecologia das espécies no passado e como ela vem se modificando no presente, devido aos impactos da expansão humana sobre as áreas naturais.

Apesar da diversa aplicabilidade da análise isotópica, existem também alguns desafios a serem observados por pesquisadores que desejam utilizar a ferramenta. O principal ponto é a necessidade de conhecer minimamente sobre a história natural da espécie que se deseja analisar e sobre as características ambientais do local de estudo. A análise serve como um direcionamento para que pesquisadores possam entender melhor a ecologia das aves, mas sozinha ela não consegue desvendar todos os mistérios da natureza. Porém, se unirmos estudos de história natural a esta tecnologia em expansão, é possível trazer luz a questões biológicas e ecológicas relevantes para a ornitologia brasileira.

Este artigo foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) através da bolsa de doutorado para a pesquisadora Ana Beatriz Navarro (nº do processo 2020/07619-0) e do auxílio ao projeto temático coordenado pelo Prof. Dr. Luís Fábio Silveira (nº do processo 2017/23548-2).

Gaturamo-verdadeiro, pássaro pequeno, de dorso preto-azulado e parte inferor amarela, pousado em um fruto de embaúba.

Imagem: Ana Beatriz Navarro.

Figura 1. Indivíduo de gaturamo-verdadeiro (Euphonia violacea) se alimentando de fruto de embaúba (Cecropia pachystachya).

 

Mulher branca de cabelos castanhos compridos, de máscara e jaqueta jeans manipula um espécime de pássaro empalhado.

Imagem: Ana Beatriz Navarro.

Figura 2. Procedimento de coleta de amostra de um pequeno pedaço de pena em um espécime da Coleção de Aves do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP).

 

Mão segurando um espécime empalhado de gaturamo-verdadeiro, pássaro pequeno, de dorso preto-azulado e parte inferor amarela sobre uma mesa verde.

Imagem: Ana Beatriz Navarro.

Figura 3. Espécime de gaturamo-verdadeiro (Euphonia violacea), coletado em 1952 e depositado na Coleção de Aves do MZUSP. A análise de isótopos estáveis de indivíduos históricos permite que pesquisadores conheçam sobre a ecologia das aves no passado.

 

Referências

FOX, A.D. and BEARHOP, S. The use of stable-isotope ratios in ornithology. British Birds [online]. 2008, vol. 101, no. 3, pp. 112-130.

PHIDDIAN, E. Explainer: what is an isotope? [online]. Cosmos. 2022 [viewed 6 July 2022]. Available from: https://cosmosmagazine.com/science/chemistry/what-is-an-isotope-isotopic-analysis-explainer/

THE UNIVERSITY OF HONG KONG. A novel forensic tool for detecting laundering of critically endangered cockatoos [online]. Phys.org. 2021 [viewed 6 July 2022]. Available from: https://phys.org/news/2021-07-forensic-tool-laundering-critically-endangered.html

Para ler o artigo, acesse

NAVARRO, A.B., et al. Perspectives and challenges on isotopic ecology of terrestrial birds in Brazil. Zoologia (Curitiba) [online]. 2022, vol. 39, e21023 [viewed 6 July 2022]. https://doi.org/10.1590/S1984-4689.v39.e21023. Available from: https://www.scielo.br/j/zool/a/DXt9jqYFMnkNgYJSW5hyrnG/?lang=en

Links externos

Ana Beatriz Navarro – Twitter: https://twitter.com/navarro_anab

Museu de Zoologia da USP – Instagram: https://instagram.com/museu_zoologia

Perfis nas redes sociais do periódico Zoologia (Curitiba): Twitter

Zoologia (Curitiba) – ZOOL: https://www.scielo.br/j/zool/

 

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

NAVARRO, A.B. and SILVEIRA, L.F. Você é o que você come: investigando a ecologia de aves através da análise de elementos químicos [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2022 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2022/07/06/voce-e-o-que-voce-come-investigando-a-ecologia-de-aves-atraves-da-analise-de-elementos-quimicos/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation