Category: Dados

Remodelando Símbolos Nacionais durante a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e as Olimpíadas de 2016

Qual a relação entre símbolos nacionais e globalização? O autor estuda a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil para analisar como os símbolos nacionais são produzidos em um contexto de globalização. Surgem daí novos meios de produção e agentes especializados que operam transnacionalmente na produção desses símbolos. Read More →

Pesquisa analisa a visão dos jovens acerca dos partidos ecológicos brasileiros

O artigo analisar como os partidos ecológicos são vistos pelos jovens no Brasil, com base em questionário com 710 informantes. Constata-se que conhecer o partido e suas propostas, estar em faixa etária jovem mais avançada, assim como ter maior nível de escolaridade e renda familiar se associam positivamente ao voto de jovens nos partidos ecológicos. Read More →

DADOS: transparência, desigualdades e divulgação

O texto apresenta as principais conquistas e os principais desafios da revista DADOS nos seus 55 anos de existência. Dentre os desafios, destaca-se a incorporação criativa do programa de Ciência Aberta num cenário político adverso à editoração científica em geral. Read More →

Nexos e modulações de classe social na saúde no Brasil

O estudo apresenta as relações entre classe e saúde, as mudanças na distribuição da saúde no Brasil de 2003 a 2013, bem como os nexos entre classe, autoavaliação da saúde e seus indicadores. Além disso, demonstra que classe social afeta o modo como a renda, a educação e as doenças crônicas geram ganhos ou ônus à saúde no Brasil. Read More →

Qual a influência da personalidade individual sobre a participação eleitoral na América Latina?

Estudo investiga a influência de características psicológicas individuais sobre o ato de votar em contextos de voto obrigatório e facultativo. Mostra que traços de personalidade impulsionam o comparecimento em um conjunto de países latino-americanos e que essa influência tende a ser maior nos contextos que não adotam a obrigatoriedade. Read More →

O que leva os países da América Latina e Caribe a alterarem drasticamente suas políticas externas?

O que determina alterações extremas nas votações de países da América Latina e Caribe na Assembleia Geral das Nações Unidas? Com base no histórico de votações dos países da região foi desenvolvido um modelo estatístico de sobrevivência para identificar o impacto de variáveis internacionais e domésticas sobre variações neste comportamento, abarcando o período entre 1945 e 2008. Read More →

Inovação social: buscando uma nova interpretação para um conceito cada vez mais comum

O que é a inovação social? Ensaio crítico elabora uma nova interpretação para o conceito e prática da inovação social. A proposta formulada aponta para a combinação entre um eixo instrumental (novas soluções para os problemas sociais, novos métodos e arranjos organizacionais), por sua vez subordinando as escolhas a princípios claros no que concerne à orientação socioeconômica e a finalidades de transformação social (eixo político). Read More →

Os partidos políticos são internamente democráticos?

Estudo discute a organização interna dos partidos brasileiros, a partir da análise dos seus estatutos. Verifica a existência de marcadores oligárquicos, demonstrando que as regras e as práticas de gestão partidária conduzem a ambientes internos não-democráticos. A pesquisa aponta para um desafio: como democratizar os operadores da democracia? Read More →

Quem convocou o primeiro protesto pelo impeachment de Dilma?

Quem convocou o primeiro protesto pelo impeachment de Dilma Rousseff ainda em 2014? A mídia e a academia voltaram sua atenção para lideranças e movimentos que despontaram entre 2015 e 2016, no entanto, o fenômeno político que deu origem às mobilizações começou a se consolidar antes mesmo da existência do Facebook, Twitter, e YouTube, quando a rede social mais popular no Brasil era o Orkut. Read More →

Adeus aos ideais: partidos e ideologia na América Latina

Porque os partidos mudam seus ideais? Quando um partido desiste de sua ideologia na busca pelo poder? No início do século passado, Robert Michels respondeu estas questões com a “lei de ferro da oligarquia”. A pesquisa testa empiricamente a vigência desta lei na América Latina e revela alguns desafios organizacionais da representação política na democracia competitiva atual. Read More →