Segurança alimentar e promoção da saúde

Por Maria Cecília de Souza Minayo, Editora-chefe e Luiza Gualhano, Assistente de comunicação, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

O sistema nacional de segurança alimentar e nutricional (SISAN) é um sistema público responsável por articular diferentes setores, níveis de governo, programas e ações, assegurando o direito das pessoas ao acesso regular e permanente a alimentos em quantidade e qualidade (HENRIQUES, et al., 2018). Neste momento histórico, é um enorme desafio manter e fazer avançar a rede de proteção social que sustentou essa agenda.

Os artigos temáticos enfocam o panorama das várias áreas que se articulam ou conformam a agenda: vigilância alimentar e nutricional, promoção da alimentação adequada e saudável e prevenção e controle dos agravos nutricionais e suas interfaces.

A edição traz artigos bem abrangentes sobre o tema, um deles realizou pesquisa sobre segurança alimentar e nutricional envolvendo famílias na Amazônia Legal Brasileira (GUERRA, et al., 2018). Outros artigos abordam a questão da nutrição entre crianças até dois anos de idade (CONCEIÇÃO, et al., 2018); em escolas públicas (SOARES, et al., 2018) e centros de educação infantil (SOUZA, et al, 2018.); outro analisa padrões alimentares e ingestão de nutrientes em idosos (FERREIRA-NUNES; PAPINI; CORRENTE 2018); excesso de peso em adolescentes (ENES; SILVA, 2018) (SILVA; HASSELMANN, 2018), dentre outros.

O controle de agravos se faz presente nos artigos sobre a automatização de inquéritos alimentares por meio de aplicativo móvel para coleta das informações sobre práticas alimentares de pacientes diabéticos (ZANCHIM; KIRSTEN; MARCHI, 2018); e sobre a utilização de instrumento para avaliar o conhecimento de mulheres adultas sobre combinação de alimentos (LANZILLOTTI, et al., 2018). Já Sampaio, et al. (2018) revisam sistematicamente as evidências sobre as técnicas de avaliação nutricional e parâmetros utilizados para determinar o estado nutricional em crianças e adolescentes.

O papel do nutricionista seja associado à segurança dos alimentos em restaurantes (CUNHA; ROSSO; STEDEFELDT, 2018); ao esclarecimento de dúvidas sobre a nova classificação dos alimentos para estudantes, profissionais e população em geral (MENEGASSI, et al., 2018); e na denúncia sobre a baixa disponibilidade de informações sobre a quantidade de lactose nos rótulos de alimentos industrializados (BATISTA, et al., 2018), também é retratado.

A prevenção e o enfrentamento da obesidade, por exemplo, requerem dimensões que contemplem qualidade nutricional dos alimentos industrializados, publicidade, rotulagem e sustentabilidade (TEIXEIRA, 2018). Em contrapartida, a Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) choca-se com os interesses e disputas das corporações comerciais de alimentos processados e do agronegócio. É preciso estar em sintonia com as diretrizes do Guia Alimentar para a população Brasileira que constitui um instrumento de educação em saúde.

Soares, et al. (2018) tratam do Programa de Alimentação Escolar brasileiro a fim de que se possa garantir que a criança receba os nutrientes em quantidades apropriadas; ao investimento dos municípios na compra de alimentos voltados ao programa e sua proximidade com a produção agrícola familiar (MACHADO, et al., 2018); nas condições higiênico-sanitárias das Unidades de Alimentação e Nutrição Escolar (UANE); e na necessidade de medidas corretivas para se obterem Boas Práticas.

Segurança alimentar é promoção da saúde. Boa leitura.

Referências

BATISTA, R.A.B., et al. Lactose em alimentos industrializados: avaliação da disponibilidade da informação de quantidade. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4119-4128, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.21992016. Available from: http://ref.scielo.org/tntsp9

CONCEIÇÃO, S.I.O., et al. Índice de Alimentação Saudável: adaptação para crianças de 1 a 2 anos. Ci Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4095-4106, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.22142016. Available from: http://ref.scielo.org/zxtrty

CUNHA, D.T., ROSSO, V.V. and STEDEFELDT, E. Desempenho e risco dos serviços de alimentação em segurança dos alimentos e o papel do nutricionista como líder em boas práticas de manipulação. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4033-4042, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.21042016. Available from: http://ref.scielo.org/46p4hj

ENES, C.C. and SILVA, J.R. Associação entre excesso de peso e alterações lipídicas em adolescentes. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4055-4063, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.27882016. Available from: http://ref.scielo.org/87w937

FERREIRA-NUNES, P.M., PAPINI, S.J. and CORRENTE, J.E. Padrões alimentares e ingestão de nutrientes em idosos: análise com diferentes abordagens metodológicas. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4085-4094, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.28552016. Available from: http://ref.scielo.org/3tr4yk

GUERRA, L.D.S., et al. Desafios para a Segurança Alimentar e Nutricional na Amazônia: disponibilidade e consumo em domicílios com adolescentes. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4043-4054, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.26352016. Available from: http://ref.scielo.org/xgxwy4

HENRIQUES, P., et al. Políticas de Saúde e de Segurança Alimentar e Nutricional: desafios para o controle da obesidade infantil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4143-4152, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.34972016. Available from: http://ref.scielo.org/tg2zp6

LANZILLOTTI, H.S., et al. Instrumento para avaliar a combinação de alimentos para tornar o ferro mais biodisponível na dieta. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4107-4118, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.192520161. Available from: http://ref.scielo.org/bxckpj

MACHADO, P.M.O., et al. Compra de alimentos da agricultura familiar pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): estudo transversal com o universo de municípios brasileiros. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4153-4164, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182311.28012016. Available from: http://ref.scielo.org/32w3rf

MENEGASSI, B., et al. A nova classificação de alimentos: teoria, prática e dificuldades. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4165-4176, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.30872016. Available from: http://ref.scielo.org/rcgkvt

SAMPAIO, A.S., et al. Evidência sobre técnicas e parâmetros de avaliação nutricional para crianças e adolescentes: revisão sistemática. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4209-4219, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.31502016. Available from: http://ref.scielo.org/f7b9h2

SILVA, A.M.V.L. and HASSELMANN, M.H. Associação entre maus-tratos familiares e excesso de peso e de gordura em escolares do município do Rio de Janeiro/RJ, Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4129-4142, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.28032016. Available from: http://ref.scielo.org/28d9ny

SOARES, D.S.B., et al. Boas Práticas em Unidades de Alimentação e Nutrição Escolares de um município do estado do Rio de Janeiro – Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4077-4083, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.23992016. Available from: http://ref.scielo.org/kv8cvr

SOARES, P., et al. Programa Nacional de Alimentação Escolar como promotor de Sistemas Alimentares Locais, Saudáveis e Sustentáveis: uma avaliação da execução financeira. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4189-4197, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.25582016. Available from: http://ref.scielo.org/wtmgdx

SOUZA, C.A.N., et al. Adequação nutricional e desperdício de alimentos em Centros de Educação Infantil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4177-4188, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.30742016. Available from: http://ref.scielo.org/x5k9s5

TEIXEIRA, A.Z.A. Conteúdo de sódio e aditivos alimentares das maiores marcas de alimentos destinados para crianças brasileiras. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4065-4075, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.21812016. Available from: http://ref.scielo.org/53mbcr

ZANCHIM, M.C., KIRSTEN, V.R. and MARCHI, A.C.B. Marcadores do consumo alimentar de pacientes diabéticos avaliados por meio de um aplicativo móvel. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2018, vol. 23, no. 12, pp. 4199-4208, ISSN: 1413-8123 [viewed 20 December 2018]. DOI: 10.1590/1413-812320182312.01412017. Available from: http://ref.scielo.org/4ybgyr

Para ler os artigos, acesse

Ciênc. saúde coletiva vol.23 no.12 Rio de Janeiro Dec. 2018

Link externo

Ciência & Saúde Coletiva – CSC: <http://www.scielo.br/csc>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MINAYO, M.C.S. and GUALHANO, L. Segurança alimentar e promoção da saúde [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2018 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2018/12/21/seguranca-alimentar-e-promocao-da-saude/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation