Qual o risco de exposição a compostos tóxicos ao consumir espumantes?

Por Juliane Elisa Welke, Docente e pesquisadora, Laboratório de Toxicologia de Alimentos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, BrasilLogo of the Ciência Rural journal

Pesquisadores encontraram acroleína em níveis suficientes para representar risco à saúde de consumidores apenas se a exposição for diária. No caso de consumo esporádico, este composto não representaria preocupação. A detecção foi feita em estudo de pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, interessados em avaliar a quantidade de álcool furfurílico e compostos carbonílicos em amostras de espumantes. O estudo “Risco da exposição a compostos carbonílicos e álcool furfurílico através do consumo de espumantes” foi publicado no periódico Ciência Rural (vol. 49, no. 3).

Além de encontrarem acroleína em 24% das amostras testadas, os pesquisadores também detectaram baixos níveis (não relacionados à risco para a saúde) de carbamato de etila e formaldeído em todas as amostras e de acetaldeído, furfural e acroleína em 57%, 71% e 76% das amostras, respectivamente.

Segundo a pesquisadora Juliane Elisa Welke, a detecção de acroleína nos espumantes mostra que é preciso elucidar o papel de precursores, da fermentação e do armazenamento na ocorrência deste composto. Levantar essas informações pode ajudar no planejamento de estratégias para reduzir a acroleína em espumantes.

Imagem: Skitterphoto.

Os compostos tóxicos avaliados pelo estudo são relatados na literatura como causadores de câncer na cavidade oral, faringe, laringe, fígado e rins (AMBAW, et al., 2018; ARTS et al., 2004; LACHENMEIER; KANTERES; REHM, 2009). Avaliar os níveis destes compostos é uma ferramenta interessante para manter o controle de qualidade de espumantes.

O grupo de pesquisa de Juliane já havia avaliado a ocorrência de compostos carbonílicos em vinhos elaborados com uvas das cultivares Syrah e Merlot. Os resultados foram publicados em Ferreira, et al. (2018, 2019) e Lago, et al. (2017). Esse é o primeiro estudo do grupo que mapeia esses compostos tóxicos e seu risco à saúde do consumidor em espumantes.

Referências

AMBAW, A., et al. Acrolein-mediated neuronal cell death and alpha-synuclein aggregation: Implications for Parkinson’s disease . Mol Cell Neurosci [online]. 2018, vol. 88, pp. 70-82, ISSN: 1044-7431 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1016/j.mcn.2018.01.006 . Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29414104

ARTS, J.H.E., et al. Subacute (28-day) toxicity of furfural in Fischer 344 rats: A comparison of the oral and inhalation route. Food and Chemical Toxicology [online]. 2004, vol. 42, no. 9, pp. 1389-1399, ISSN: 0278-6915 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1016/j.fct.2004.03.014 . Available from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691504001073

LACHENMEIER, D.W., KANTERES F. and REHM, J. Carcinogenicity of acetaldehyde in alcoholic beverages: risk assessment outside ethanol metabolism. Addiction [online]. 2009, vol. 104, no. 4, pp. 533-550, e-ISSN:1360-0443 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1111/j.1360-0443.2009.02516.x . Available from: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1360-0443.2009.02516.x

FERREIRA, D.C., et al. Carbonyl compounds in different stages of vinification and exposure risk assessment through Merlot wine consumption. Food Additives and Contaminants [online]. 2018, vol. 35, no. 12, pp. 2315-2331, e-ISSN: 1944-0057 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1080/19440049.2018.1539530 . Available from: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/19440049.2018.1539530

FERREIRA, D.C., et al. Development of a method for determination of target toxic carbonyl compounds in must and wine using HS-SPME-GC/MS-SIM after preliminary GC×GC/TOFMS analyses. Food Analytical Methods [online]. 2019, vol. 12, no. 1, pp. 108-120, e-ISSN: 1936-976X [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1007/s12161-018-1343-6 . Available from: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs12161-018-1343-6

LAGO, L.O., et al. Influence of ripeness and maceration of the grapes on levels of furan and carbonyl compounds in wine – Simultaneous quantitative determination and assessment of the exposure risk to these compounds. Food Chemistry [online]. 2017, vol. 230, pp. 594-603, ISSN: 0308-8146 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1016/j.foodchem.2017.03.090 . Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28407955

Para ler o artigo, acesse

PETERLE, G.P., et al. Risco da exposição a compostos carbonílicos e álcool furfurílico através do consumo de espumantes. Cienc. Rural [online]. 2019, vol. 49, no. 3, e20180986, ISSN: 0103-8478 [viewed 13 June 2019]. DOI: 10.1590/0103-8478cr20180986. Available from: http://ref.scielo.org/5jndf2

Links externos

Ciência Rural – CR: <http://www.scielo.br/cr>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

WELKE, J.E. Qual o risco de exposição a compostos tóxicos ao consumir espumantes? [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2019 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2019/06/13/qual-o-risco-de-exposicao-a-compostos-toxicos-ao-consumir-espumantes/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation