A importância de modalidades avançadas de imagem em benefício ao diagnóstico da sarcoidose cardíaca

Por Deborah Rezende, Dehlicom – Soluções em Comunicação Empresarial, Assessoria da Sociedade Brasileira de Cardiologia, São Paulo, SP, Brasil

O artigo “The Role of 18F-FDG PET/CT in Cardiac Sarcoidosis”, publicado no International Journal of Cardiovascular Science (vol. 33, no. 4), da Sociedade Brasileira de Cardiologia, de autoria de Christiane Wiefels et al., provenientes do Instituto do Coração da Universidade de Ottawa (CAN), da Universidade Federal Fluminense, em Niterói (RJ), e do Centro do Coração e Pulmão do Hospital Central da Universidade de Helsinque (FIN), faz a revisão do diagnóstico, por meio de exames de imagem, e das estratégias de tratamento da sarcoidose cardíaca (SC), uma doença rara e potencialmente fatal, caracterizada pela presença de necrotização, inflamação granulomatosa e fibrose concomitante no coração, que envolve distúrbios de condução, arritmias ventriculares, insuficiência cardíaca e morte súbita. Por isso, é importante o diagnóstico precoce com o início da terapia.

O estudo descreve a fisiopatologia da SC e as modalidades avançadas de imagem, com foco principal na tomografia com emissão de pósitrons ‒ PET/CT), que devem ser consideradas para a abordagem diagnóstica e o monitoramento de terapia. Além disso, analisa os ensaios clínicos e avalia as estratégias de tratamento para o alcance de abordagens mais satisfatórias.

Explica que a biópsia endomiocárdica é o diagnóstico padrão ouro teste para sarcodiose cardíaca, mas apresenta baixa sensibilidade devido ao aspecto multifocal da doença. Modalidades avançadas de imagem cardíacas, como ressonância magnética e o PET/CT com 18F-fluorodeoxiglucose agora fazem parte dos critérios de diagnóstico e também auxiliam na determinação do tratamento. No entanto, a interpretação desses estudos, por vezes, é desafiadora e precisa ser feita por especialistas, pois o diagnóstico errado pode ser prejudicial ao paciente.

O artigo ainda descreve a utilidade dos diferentes métodos de diagnóstico por imagem como ecocardiograma, a ressonância magnética, a tomografia por emissão de fotoúnico e, com maior detalhes, a importância da tomografia com emissão de pósitrons no diagnóstico da sarcoidose cardíaca.

Imagem: WIEFELS, C. et al., 2020.

 

Figura 1.Gálio-67 SPECT de uma paciente de 36 anos com disfunção sistólica do ventrículo esquerdo recém-diagnosticada.

Além disso, traz as principais indicações para o PET com o FDG no diagnóstico, na avaliação da resposta terapêutica e também no prognóstico do paciente com SC. A revisão mostra que quando combinada a utilização com o PET, ou SPECT de perfusão miocárdica, é possível a identificação de quatro padrões distintos de combinação entre perfusão e metabolismo.

Os autores concluíram que esses padrões são úteis na identificação de sarcoidose, mas também existem alguns desafios na definição das áreas de capitação já que dependem de um preparo específico e pode haver captação fisiológica do FDG em algumas paredes do ventrículo esquerdo, que se não identificado podem causar falsos positivos. Assim a experiência do médico torna-se um fator essencial na hora de laudar.

Isso mostra que esta revisão é importante não somente para quem trabalha na área de imagem, mas também para quem atua na parte clínica já que é quem solicita o exame. O estudo conclui que a realização de exames de imagem cardíaca de alto nível e a combinação do PET com o FDG para avaliação do metabolismo cardíaco, com o SPECT de perfusão miocárdica e também com a ressonância cardíaca, facilitam o diagnóstico e o início precoce da terapêutica, evitando assim possíveis desfechos, como morte súbita ou insuficiência cardíaca, e proporciona o melhor tratamento para cada indivíduo, levando em consideração não apenas a resposta, mas também a qualidade de vida do paciente.

A seguir, assista ao vídeo de Christiane Wiefels ampliando a discussão sobre o assunto.

Para ler o artigo, acesse

WIEFELS, C. et al. The Role of 18F-FDG PET/CT in Cardiac Sarcoidosis. Int. J. Cardiovasc. Sci. [online]. 2020, vol. 33, no. 4, pp. 389-400, ISSN: 2359-5647 [viewed 10 August 2020]. DOI: 10.36660/ijcs.20200033. Available from: http://ref.scielo.org/n789vg

Links externos

Facebook – International Journal of Cardiovascular Sciences <https://www.facebook.com/revistaIJCS/>

International Journal of Cardiovascular Sciences – IJCS <www.scielo.br/ijcs>

Twitter – International Journal of Cardiovascular Sciences <https://twitter.com/onlineIJCS>

YouTube – International Journal of Cardiovascular Sciences <https://www.youtube.com/playlist?list=PLbHBsfZxkGD_5KHhyioWKC5LOdzgJE44r>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

REZENDE, D. A importância de modalidades avançadas de imagem em benefício ao diagnóstico da sarcoidose cardíaca [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2020 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2020/08/10/a-importancia-de-modalidades-avancadas-de-imagem-em-beneficio-ao-diagnostico-da-sarcoidose-cardiaca/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation