Sons da rã-flautinha na Mata Atlântica são influenciados pelo tamanho corporal e temperatura

Camila Moser, coordenadora da pesquisa, Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil.

Laura Kauer Schuck, pesquisadora auxiliar, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil.

Rodrigo Lingnau, orientador da pesquisa, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Francisco Beltrão, Paraná, Brasil.

Em nosso artigo Individual variation in the advertisement call of Aplastodiscus albosignatus (Anura: Hylidae) is correlated with body size and environmental temperature, trazemos novas informações sobre o coaxar da rã-flautinha (Aplastodiscus albosignatus) e como a temperatura do ambiente e tamanho dos machos dessas rãs pode influenciar nesse coaxo. Para comunicação da rã-flautinha, os machos emitem um som que lembra muito o som de uma flauta, denominado de canto de anúncio. Com esse canto, os machos anunciam sua presença para as fêmeas e seu desejo de reproduzir. O estudo foi realizado pela pesquisadora Camila Moser, na época vinculada ao mestrado na Universidade Federal do Paraná, em Curitiba. A variação dos cantos de anúncio da rã-flautinha não era conhecida, tampouco quais características influenciam na escolha dos parceiros pelas fêmeas.

Essa pesquisa foi uma colaboração entre três universidades: Universidade Federal do Paraná, Universidade Tecnológica Federal do Paraná e Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Andando pela floresta, de noite, com uso de lanternas, gravamos o canto de 22 machos das rãs-flautinha, utilizando um gravador acoplado a um microfone unidirecional. Além de gravar os cantos, cada macho da rã-flautinha foi coletado, e medidos seu peso e tamanho para avaliar a influência na variação dos cantos.

Imagem: Camila F. Moser e Rodrigo Lingnau.

Figura 1. Três indivíduos da rã-flautinha (Aplastodiscus albosignatus). O macho à esquerda está com o saco vocal parcialmente inflado.

Com esse trabalho, descobrimos que tanto a temperatura quanto o tamanho corporal das rãs-flautinha influenciam nos padrões do canto. Quanto maior a temperatura do ar, menor é a duração do canto e o intervalo entre eles. Essa influência se deve, principalmente, ao fato de que os anfíbios dependem da temperatura para regular os parâmetros do canto, como a duração do canto, por exemplo. Já o tamanho corporal é um fator importante pois está relacionado com o tamanho e estrutura da laringe e cordas vocais, afetando o quão alto e agudo é o canto do indivíduo.

Essas informações são importantes para entendermos melhor o comportamento reprodutivo das espécies, como a escolha das fêmeas pelos machos. Uma vez que o coaxar dos machos traz informações sobre o seu tamanho corporal, pode ser um fator essencial na hora da fêmea escolher seu parceiro reprodutivo.

Leia mais

GUERRA, V., et al. The advertisement calls of Brazilian anurans: Historical review, current knowledge and future directions. PLoS ONE [online]. 2018, vol. 13, no. 1, e0191691 [viewed 19 April]. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0191691 Available from: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0191691

LINGNAU, R. and BASTOS, R. P. Vocalizations of the Brazilian torrent frog Hylodes heyeri (Anura: Hylodidae): Repertoire and influence of air temperature on advertisement call variation. Journal of Natural History [online]. 2007, vol. 41, no. 17–20, pp. 1227–1235 [viewed 19 April 2022]. https://doi.org/10.1080/00222930701395626. Available from: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00222930701395626

Para ler o artigo, acesse

MOSER, C.F., et al. Individual variation in the advertisement call of Aplastodiscus albosignatus (Anura: Hylidae) is correlated with body size and environmental temperature. Zoologia (Curitiba) [online]. 2022, vol. 39, e21008 [viewed 19 April 2022]. https://doi.org/10.1590/S1984-4689.v39.e21008. Available from: https://www.scielo.br/j/zool/a/KwvG4TfY633YC4knDNNwY5J/

Link(s)

Camila Moser: https://www.camilamoser.org/

Zoologia (Curitiba) – ZOOL: https://www.scielo.br/j/zool/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MOSER, C, SCHUCK, L.K. and LINGNAU, R. Sons da rã-flautinha na Mata Atlântica são influenciados pelo tamanho corporal e temperatura [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2022 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2022/04/19/sons-da-ra-flautinha-na-mata-atlantica-sao-influenciados-pelo-tamanho-corporal-e-temperatura/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation