Category: Edreal

Como são formadas as identidades profissionais de professores portugueses de uma escola pública de elite?

Estudo versa sobre as identidades de oito professores de uma escola pública lisboeta, considerando o perfil biográfico e suas atuações profissionais na escola pública de elite. O grupo é focado na instrução de jovens da classe média-alta em direção ao ensino superior. Read More →

O conceito de vida entre a Biologia, a Filosofia e a Sociologia: uma contribuição a partir do campo educacional

Recolocar a vida no centro da discussão epistemológica é essencial para a compreensão de seus efeitos no interior de discursos que a objetificam. Ao jogar luzes sobre o tema, a pesquisa insere tal conceito em uma grade de inteligibilidade construída a partir de Nietzsche, Wittgenstein, Foucault, Deleuze, Guattari entre outros. Read More →

Psicanálise, cinema e adolescência: é possível profanar a educação?

A experiência do Cine na Escola, dispositivo por meio do qual são oferecidas sessões de cinema em conjugação com a abertura de um espaço de circulação da palavra, teve como objetivo refletir sobre alguns efeitos metodológicos para a pesquisa-intervenção com adolescentes em situação de violência e vulnerabilidade. Read More →

Imagens de mulheres em sombra e luz

Estudo analisa estratégias visuais adotadas pela cineasta francesa, Germaine Dulac, nos anos 1920, na criação de novas formas de representação da mulher, fora dos padrões predominantes no cinema daquele período. A pedagogia visual de Germaine Dulac configurava mulheres em luz e sombra, superposições e transparências, tendo como foco a força avassaladora do desejo feminino. Read More →

Ensino superior em saúde: os desafios da docência

Ser professor no ensino superior envolve desafios importantes. Nas Ciências da Saúde estes percalços perpassam as questões de cunho pedagógico e relacional, e estende-se às dificuldades estruturais, como o acúmulo de atribuições que gera sobrecarga, e até mesmo a carência em infraestrutura e tecnologia, tratando-se de um contexto de Instituição de Ensino Superior pública. Read More →

Qual o legado do Programa Mais Educação para as infâncias e juventudes pobres?

Estudo teve por objetivo localizar o surgimento do Programa Mais Educação no contexto político-educacional latino-americano e analisar as consequências sociais desta experiência para crianças e jovens pobres no Brasil. A pesquisa identificou legados desta política quanto à ampliação do direito à educação ao inaugurar uma concepção de educação integral centrada nestes sujeitos, suas culturas e territórios. Read More →

O Direito à educação infantil: o que os Tribunais brasileiros têm julgado?

Pesquisa apresenta mapeamento das decisões proferidas em todos os Tribunais de Justiça do Brasil em ações coletivas nas quais se requeria o direito à educação Infantil. Os principais resultados demonstram a desigualdade na requisição judicial do direito e o crescimento das decisões judiciais no decorrer dos anos. Read More →

A avaliação do ensino superior: um discurso repleto de armadilhas

As propostas emancipatórias de avaliação são mesmo emancipatórias? Os autores discutem a hipótese que elas são armadilhas conceituais ao não articularem o para quê?, para quem?, o quê? e como? Embora utilizem um discurso emancipatório, instauram instrumentos de controle quantitativo que pode aumentar a exclusão, o produtivismo e a desigualdade. Read More →

O valor atribuído aos itens de teste no Ensino Médio: o que os dados revelam?

Estudo apresenta os resultados de uma pesquisa que visa problematizar as interfaces entre avaliação e currículo de História no Ensino Médio, no contexto de expansão dos programas e sistemas de avaliação no Brasil. Além de problematizar o papel da avaliação nos programas, considerou-se relevante investigar a concepção pedagógica sob a qual tais programas se fundamentam. Read More →

Dilemas na formulação de uma política de avaliação institucional participativa: o caso do SEAP-RS

A formulação do Sistema Estadual de Avaliação Participativa do Rio Grande do Sul, entre 2011 e 2014, como alternativa às provas de desempenho dos alunos, abortada na troca de governo, deixou legado de práticas e reflexões sobre a gestão democrática em suas contradições, impasses e desafios para comunidades escolares, dirigentes e pesquisadores. Read More →