Semente e casca de umbu possuem nutrientes e compostos com potencial bioativo

Por Virgínia Martins da Matta, Embrapa Agroindústria de Alimentos, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

O umbu contém nutrientes e compostos com potencial bioativo não apenas na sua parte comestível, mas também na sua casca e semente. Pesquisadores da Embrapa em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) chegaram a esses resultados após analisar a composição nutricional do fruto. O artigo, intitulado “Nutrientes e compostos bioativos de polpa, casca e semente de umbu”, foi publicado no periódico Ciência Rural (vol. 49, no. 4).

Os pesquisadores avaliaram a composição nutricional e compostos bioativos de amostras de semente, polpa, casca e polpa comercial do fruto, determinando a composição centesimal e mineral, compostos fenólicos totais e capacidade antioxidante. Os dados mostram a alta capacidade antioxidante da semente e da polpa e um alto teor de compostos fenólicos, encontrados na casca do fruto. Além disso, a semente de umbu apresentou maiores teores de fibras e de minerais como o ferro.

Para a pesquisadora Virgínia Martins da Matta, o conhecimento da composição de subprodutos pode agregar valor ao umbu e fortalecer as cadeias produtivas do fruto, relacionada a agricultores familiares. “Os coprodutos podem ser utilizados como matéria-prima para obtenção de diferentes produtos e ingredientes. Da casca, por exemplo, podemos obter extratos ricos em compostos fenólicos ou carotenoides, e da semente, uma farinha rica em minerais”, exemplifica a pesquisadora.

Foto: RIBEIRO, et al., 2019

Este é o primeiro estudo que apresenta a composição completa das três frações do fruto do umbu, segundo Leilson de Oliveira Ribeiro, autor do trabalho. Assim como outras pesquisas sobre frutos brasileiros realizadas por Godoy, et al. (2013), Inada, et al. (2015) e Omena, et al. (2012) a preocupação deste estudo também está em agregar valor a coprodutos agroindustriais, para diminuir resíduos e aumentar a sustentabilidade de seus processos de produção.

Referências

GODOY, R.L.O., et al. Identificação e quantificação de flavonoides na polpa de umbu por cromatografia líquida de alta eficiência. Comunicado Técnico. 2013, no. 196, pp. 1-5. Available from: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/973436/1/2013CTE0196.pdf

INADA, K.O.P., et al. Screening of the chemical composition and occurring antioxidants in jabuticaba (Myrciaria jaboticaba) and jussara (Euterpe edulis) fruits and their fractions. Journal of Functional Foods [online]. 2015, vol. 17, pp. 422-433, ISSN: 1756-4646 [viewed 14 May 2019]. DOI: 10.1016/j.jff.2015.06.002. Available from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1756464615002868

OMENA, C.M.B., et al. Antioxidant, anti-acetylcholinesterase and cytotoxic activities of ethanol extracts of peel, pulp and seeds of exotic Brazilian fruits. Antioxidant, anti-acetylcholinesterase and cytotoxic activities in fruits. Food Research International [online]. 2012, vol. 49, pp. 334–344, ISSN: 0963-9969 [viewed 14 May 2019]. DOI: 10.1016/j.foodres.2012.07.010. Available from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0963996912002530

Para ler o artigo, acesse

RIBEIRO, L.O., et al. Nutrientes e compostos bioativos de polpa, casca e semente de umbu. Cienc. Rural [online]. 2019, vol. 49, no. 4, e20180806, ISSN: 0103-8478 [viewed 13 May 2019]. DOI: 10.1590/0103-8478cr20180806. Available from: http://ref.scielo.org/x8pvsk

Links externo

Ciência Rural – CR: <http://www.scielo.br/cr>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MATTA, V.M. Semente e casca de umbu possuem nutrientes e compostos com potencial bioativo [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2019 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2019/05/14/semente-e-casca-de-umbu-possuem-nutrientes-e-compostos-com-potencial-bioativo/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation