Author: Cristiane Miglioranza

Em busca de horizontes para a crise que assola os periódicos científicos

Neste texto de fechamento, não podemos nos furtar de discutir a pauta da sustentabilidade. Abordamos a questão do financiamento para a ciência e falamos sobre nossa busca por alternativas para sobreviver à crise que afeta os periódicos brasileiros, sobretudo os da área de Humanidades. Read More →

Espaço Aberto: entrevista com Anna Tsing

Apesar de ser uma publicação temática, Horizontes Antropológicos dedica uma seção específica a trabalhos inéditos e considerados de ponta na pesquisa antropológica. O Espaço Aberto do número 60 – Antropologia da Criança apresenta entrevista com Anna Tsing, pesquisadora do Departamento de Antropologia da Universidade da Califórnia-Santa Cruz. Com poucos de seus textos traduzidos, esta interlocução se soma a dois artigos, um ensaio e também a uma coletânea recentemente publicada em português. Read More →

O que as crianças têm a dizer à antropologia?

A antropologia e as crianças: da consolidação de um campo de estudos aos seus desdobramentos contemporâneos propõe o reconhecimento das crianças não como figurantes do trabalho antropológico, mas como atores centrais com potência de contribuir e ampliar as discussões mais contemporâneas da disciplina. Read More →

Pesquisa explora relação entre taxas de ocupação de leitos em UTIs e tomada de decisões pelo poder público em Porto Alegre – RS

O acompanhamento das taxas de internação em UTIs e das medidas do executivo municipal da capital gaúcha evidencia que decisões políticas para o enfrentamento da pandemia nem sempre são embasadas em critérios técnicos. Este artigo analisa a prática de estratégias como o lockdown e o isolamento social e reflete sobre a (in)efetividade de práticas universalizantes. Read More →

Pesquisadores apresentam um mapa da produção das Ciências Sociais brasileiras durante o primeiro ano de pandemia

Levantamento realizado a partir das publicações nos Boletins da ANPOCS aponta para uma rearticulação de forças das instituições científicas da área. Dentre as produções, 30% estão situadas nos campos temáticos Economia, Gênero, Ciência, Conjuntura Política, Religião e Educação. Análise também revela a preponderância das contribuições provenientes da Antropologia. Read More →

O que a antropologia tem a dizer sobre a pandemia e seus efeitos sociais, políticos, culturais e econômicos

A Covid-19 e suas múltiplas pandemias apresenta pesquisas e reflexões sobre as experiências e vivências sociais, culturais e políticas deste momento crítico. O artigo abre o número especial Covid-19 – Antropologias de uma Pandemia, parceria entre Horizontes Antropológicos e a Rede Covid-19 Humanidades MCTI. Read More →

Nossas capas: relações entre antropologia e arte

A confecção das capas é parte importante do processo editorial de Horizontes Antropológicos. Escolhida pelas/pelos organizadoras/es e aprovada pelos editores, a imagem é uma tradução da temática e também um convite às/aos leitoras/es para que reflitam e interajam com o periódico. Read More →

Fatores associados às malformações congênitas em nascidos vivos

O artigo objetivou estimar a prevalência de malformações congênitas e identificar os fatores associados em nascidos vivos. Estudo transversal, com dados do Sistema de Informações sobre nascidos vivos. Procedeu-se a análise estatística bivariada e multivariada (regressão logística múltipla). Registraram-se 346.874 nascidos vivos, desses 3.473 apresentaram algum tipo de malformação. Na análise múltipla os fatores, positivamente associados a prevalência foram: duração da gestação ≤37semanas, idade materna entre 20-29 anos, tipo de gravidez única, tipo de parto e consultas de pré-natal <6. Read More →

Horizontes Antropológicos aborda cruzamento entre antropologia histórica e povos indígenas

Horizontes Antropológicos se inscreve na intersecção entre diferentes temas e campos que tratam de questões contemporâneas – e futuras – para a etnografia e para a teoria antropológica, como os de antropologia histórica e protagonismo dos povos indígenas. Read More →

Antropologia da Biossegurança apresenta debate sobre emergências sanitárias e ambientais como doenças vetoriais, epidemias e pandemia

Horizontes Antropológicos se inscreve em uma intersecção entre diferentes temas e campos que tratam de questões contemporâneas – e futuras – para a etnografia e para a teoria antropológica, como os de ambiente, risco e desastres e antropologia médica e da saúde, com ênfase para a pandemia de COVID-19. Read More →