Author: Scielo

Pluralidade na Revista Brasileira de Ciência Política derruba “muros” entre áreas do conhecimento

Estudos abordam política externa de direitos humanos, relação entre sistema eleitoral e número de partidos, atuação de frentes temáticas no Congresso e judicialização do acesso a serviços públicos, entre outros assuntos. As questões tratadas não se limitam ao Brasil – envolvem também África do Sul, Cabo Verde e Estados Unidos. Read More →

Má oclusão, bullying e qualidade de vida relacionada à saúde bucal: existe associação?

Estudo investigou a presença de má oclusão, episódios de bullying e a interferência desses fatores na qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) de adolescentes brasileiros. Como resultado, o bullying e o tratamento ortodôntico prévio tiveram associação estatisticamente significativa com a QVRSB, demonstrando a importância psicossocial do tratamento ortodôntico. Read More →

Acesso à educação e o mito da democracia racial

Estudo mostra como o acesso à Educação desmonta o mito da democracia racial brasileiro, refletindo sobre a ideia de democracia racial e analisando as políticas de ação afirmativa, as possibilidades de acesso dos negros ao Ensino Superior e a importância de políticas para o combate às desigualdades raciais. Read More →

Disputas político-conceituais sobre a governança das metrópoles: o embate entre neoliberalismo e gestão participativa

A edição 45 do Cadernos Metrópole está focado no debate dos aspectos da governança das cidades e metrópoles, que articula interesses controversos entre governo, mercado e sociedade. O conjunto dos artigos selecionados revelou uma produção que tem debatido principalmente a conjuntura desde 2013, com destaque para casos locais que descrevem políticas públicas como mobilidade urbana, movimentos sociais e instrumentos urbanísticos. Read More →

Imagens de mulheres em sombra e luz

Estudo analisa estratégias visuais adotadas pela cineasta francesa, Germaine Dulac, nos anos 1920, na criação de novas formas de representação da mulher, fora dos padrões predominantes no cinema daquele período. A pedagogia visual de Germaine Dulac configurava mulheres em luz e sombra, superposições e transparências, tendo como foco a força avassaladora do desejo feminino. Read More →

Quer saber como a interação ensino-serviço-comunidade realizada no espaço da Atenção Primária pode melhorar a formação médica?

As Práticas de Integração Ensino, Serviço e Comunidade do curso de Medicina da UEFS reúnem estudantes, professores, profissionais de saúde e usuários do SUS, integrando diferentes olhares sobre o processo saúde-doença-cuidado, no contexto da Saúde da Família, construindo uma prática interprofissional conforme preconizado pela Diretrizes Curriculares Nacionais de 2014. Read More →

Entre a democracia e o patrimonialismo: pesquisa discute a gestão da escola pública no Brasil

Pesquisa atualiza dados importantes e discute elementos que contribuem para a gestão democrática das escolas públicas, além de construir um indicador para dimensionar o desenvolvimento deste princípio constitucional, e conclui mostrando os limites e possibilidades da implementação prática do princípio constitucional. Read More →

O que sabemos sobre os cuidados odontológicos para pacientes com Microcefalia ocasionada pelo Zika vírus?

A epidemia do Zika vírus representa um sério problema de saúde pública devido a relação com a ocorrência de microcefalia. Pacientes diagnosticados com essa malformação congênita podem apresentar alterações cognitivas, motoras e neurológicas relevantes. Diante desse cenário, qual é a conduta do cirurgião-dentista no tratamento odontológico desses pacientes? Read More →

Mães não ganham menos porque têm filhos

À medida que se avança na estrutura salarial, a diferença de remuneração entre os sexos tende a aumentar? Há diferenças salariais entre mulheres e homens com e sem filhos? Evidência sugere que mulheres de classe baixa possuem menor chance de estarem trabalhando quando há crianças pequenas em casa, mas a diferença de salários entre homens e mulheres não está atrelada ao tamanho da prole. Read More →

Fotografias 3×4 e a história do trabalho infanto-juvenil no Brasil da Era Vargas

Estudo analisa a presença de jovens entre 14 e 18 anos no mundo do trabalho durante as décadas de 1930 e 1940, momento de importantes avanços na legislação trabalhista brasileira. Partindo do estudo das fichas de qualificação profissional e das fotografias 3×4 dos jovens trabalhadores, o autor ressalta como nem sempre as normas de trabalho vigentes eram respeitadas pelas empresas do Rio Grande do Sul. Read More →