Diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes adultos com COVID-19 internados em Unidades de Terapia Intensiva

Luana Vieira Toledo, Professora Assistente no Departamento de Medicina e Enfermagem, Universidade Federal de Viçosa (UFV), Viçosa, MG, Brasil.

Logo Acta Paulista de EnfermagemDiante da magnitude da pandemia imposta pelo novo coronavírus e das incertezas sobre as manifestações da doença provocada por esse vírus, a COVID-19, enfermeiras pesquisadoras vinculadas às Universidade Federal de Viçosa e Universidade Federal de Minas Gerais realizaram o estudo Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I® em pacientes críticos adultos portadores de COVID-19, a fim de identificar os possíveis diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes adultos internados em UTIs.

O referido estudo, publicado na revista Acta Paulista de Enfermagem, permitiu identificar a equivalência das características clínicas dos pacientes descritas na literatura científica e consideradas como pistas diagnósticas, com os títulos dos diagnósticos de enfermagem definidos pela linguagem padronizada da NANDA-I®. Na prática clínica, os diagnósticos identificados pelas pesquisadoras além de permitirem melhor compreensão dos aspectos clínicos da COVID-19, poderão ser utilizados na elaboração de instrumentos de coleta de dados de enfermagem, no formato manual ou eletrônico, subsidiando a atuação do enfermeiro e reforçando a importância dos registros de enfermagem para uma assistência efetiva, sobretudo para os pacientes com maior gravidade e internados em UTIs.

Imagem: Unsplash

Trata-se de um estudo descritivo, desenvolvido entre os meses de junho de 2020 e fevereiro de 2021, em três etapas. Na primeira etapa, as pesquisadoras realizaram uma revisão de literatura nas bases de dados nacionais e internacionais para identificar as pistas diagnósticas apresentadas pelos pacientes com COVID-19 internados em UTIs. Na segunda etapa, levantaram os diagnósticos de enfermagem da NANDA-I®. Para esse levantamento consideraram a definição do diagnóstico e a correspondência das pistas diagnósticas com os indicadores diagnósticos (fator relacionado/fator de risco, características definidoras, condições associadas e população em risco). Por fim, na terceira etapa, as pesquisadoras procederam a validação da correspondência entre as pistas diagnósticas e os diagnósticos de enfermagem previamente selecionados. A validação foi realizada por enfermeiros especialistas, de forma independente.

A partir da leitura dos artigos identificaram 51 pistas diagnósticas com destaque para a febre (50,0%), cefaleia (45,0%), dispneia (40,0%), fadiga (40,0%), diarreia (35,0%), dor muscular (35,0%) e pressão intracraniana elevada (35,0%). As 51 pistas diagnósticas deram origem a uma lista de 26 diagnósticos de enfermagem da NANDA-I®, sendo a maioria (60,0%) referente a problemas reais apresentados pelos pacientes. Dentre os diagnósticos destacam-se aqueles ligados aos domínios atividade/repouso (n=9); segurança/proteção (n=7) e nutrição (n=4). O resultado completo com os títulos diagnósticos selecionados pode ser encontrado na versão online do artigo.

Tendo em vista os impactos provocados pela pandemia e a importância da assistência de enfermagem para a recuperação e manutenção da saúde dos pacientes, especialmente os internados em UTIs, torna-se imprescindível reconhecer quais os diagnósticos de enfermagem são prioritários. Além disso, ressalta-se a necessidade de se registrar os cuidados de enfermagem a fim de monitorar a evolução clínica dos pacientes portadores de COVID-19 e auxiliar no planejamento de intervenções que possam ser necessárias.

Esse estudo foi financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) – Código 001.

Para ler o artigo, acesse

AZEVEDO, C, et al. Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I® em pacientes críticos adultos portadores de COVID-19. Acta Paulista de Enfermagem [online]. 2022, vol. 35, eAPE03722 [viewed 7 April 2022]. http://dx.doi.org/10.37689/acta-ape/2022AO03722. Available from: https://www.scielo.br/j/ape/a/SjLDv3RZVHXss4KTPVBtyfm/?lang=pt

Link(s)

Acta Paulista de Enfermagem – APE: https://www.scielo.br/j/ape/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

TOLEDO, L.V. Diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes adultos com COVID-19 internados em Unidades de Terapia Intensiva [online]. SciELO em Perspectiva | Press Releases, 2022 [viewed ]. Available from: https://pressreleases.scielo.org/blog/2022/04/08/diagnosticos-de-enfermagem-presentes-em-pacientes-adultos-com-covid-19-internados-em-unidades-de-terapia-intensiva/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation