Veredas da razão e da loucura em Machado e Rosa

Pesquisadora publica estudo sobre os contos “O Alienista”, de Machado de Assis, e “Darandina”, de Guimarães Rosa, considerando a maneira particular que cada autor explorou as relações entre o poder e o discurso psiquiátrico. O artigo propõe a possibilidade de um diálogo explícito de Rosa com Machado e explica as afinidades e diferenças entre as narrativas. Read More →

Pesquisa apresenta caminhos contra a marginalização social de italianos e estrangeiros

Modelo criado a partir de pesquisa em comunidade italiana indica possíveis caminhos para enfrentar problemas de marginalização social, com ações focadas no trabalho de integração social, o qual visa incentivar nos moradores dessa comunidade, um protagonismo baseado no desenvolvimento das habilidades cognitivas, no empoderamento de informações necessárias, no encorajamento de autovalorização, de autoestima e de autonomia, tendo a educação como base. Read More →

O progresso do trabalho de parto modifica quando as parturientes usam o banho quente e a bola suíça

Pesquisa constata que o uso do banho de aspersão e dos exercícios perineais com bola suíça isolados ou combinados durante o trabalho de parto melhora o bem-estar fetal, estimula as contrações uterinas, reduz o tempo do trabalho de parto e acelera a progressão para o desfecho em parto normal. Read More →

Quais raciocínios fundamentam o Plano Nacional de Educação (PNE)?

Estudo examina os argumentos que justificam as 20 metas para o decênio 2014-2024 do Plano Nacional de Educação (PNE), expostas no Caderno Digital, dirigido à comunidade escolar. A análise revela o que se diz desejável para o processo educativo e o que orienta as ações consideradas adequadas para a escolarização. Read More →

Linhas que não se encontram? Diferentes perspectivas da Psicologia sobre organizações e trabalho

É possível colocar sob um único rótulo as diferentes abordagens e práticas profissionais da Psicologia em relação ao trabalho? Há diferenças inconciliáveis entre, por exemplo, uma Psicologia dedicada à gestão e uma dedicada à saúde dos trabalhadores? Read More →

A publicação Revista Intercom discute democratização, participação e revelações da pesquisa em Comunicação

Além de artigos de autores nacionais e estrangeiros, resenhas e uma entrevista com o pesquisador português Jorge Pedro Sousa, o último número de 2016 do periódico Revista Intercom traz uma publicação na Seção Arena, espaço flexível do periódico, sobre a responsabilidade civil das associações científicas em relação ao plágio cometido por seus colaboradores. Read More →

Estudo propõe fruição como novo atributo de representação da informação para obras de arte contemporânea

Estudo discute informação e arte a partir dos livros de artistas, do acervo do Núcleo de Arte Contemporânea da Paraíba (NAC/UFPB), analisando a atuação da Ciência da Informação por meio da representação da informação, em uma relação de trabalho colaborativo entre profissionais. A representação da informação poderia auxiliar no tratamento e organização das informações, amenizando a complexidade desses objetos diante de suas possibilidades de abstração e fruição. Read More →

Rio de Janeiro e Lisboa juntas no aprimoramento da Atenção Básica em Saúde

Ciência & Saúde Coletiva analisa o crescimento e o aprimoramento das ações de atenção básica em saúde no Rio de Janeiro e em Lisboa. Embora cada cidade tenha sua organização própria, é importante ressaltar como foram aproveitadas as possibilidades de colaboração entre ambas para melhorar a governança, as tecnologias médicas e sociais, a aproximação com os usuários e o número de pessoas atendidas. Read More →

Pesquisa analisa uso da Teoria das Representações Sociais (TRS) nos Estudos Organizacionais (EO)

Pesquisa bibliométrica analisa o uso da Teoria das Representações Sociais (TRS) nos Estudos Organizacionais (EO). Foram investigados 90 artigos publicados em periódicos e eventos científicos no período de 2001 a 2014. Os resultados indicam que o uso da TRS nos EO é incipiente, superficial e apresenta inconsistências teóricas e metodológicas. Read More →

Periódico do Museu recebe nota máxima em avaliação feita pela CAPES

O ano de 2017 inicia com duas conquistas importantes para o Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas. Em meio à diversidade e ao volume crescente de publicações científicas, o periódico foi avaliado pela Capes como A1 para a área de Linguística, conceito que representa o nível mais alto de qualificação para periódicos do gênero. Além disso, o Boletim também foi reinserido no DOAJ, diretório online que facilita a localização de periódicos científicos, aumentando a visibilidade do Museu Goeldi, uma das primeiras dedicadas à ciência no país. Read More →