Decolonizar os currículos em artes da cena

Estudo põe em xeque o currículo de dança e de performance na formação superior. O currículo é colonizador? O que pode um currículo decolonial? Como desconstruir o currículo no campo das artes? São essas as questões discutidas no estudo. Read More →

O Decolonial na pesquisa em artes no Brasil

A discussão apresentada pela Revista Brasileira de Estudos da Presença (v. 8, n. 4) representa um avanço considerável para o campo no Brasil e no exterior. A abordagem decolonial em pesquisa é uma perspectiva emergente e os artigos apresentados falam entre outras coisas sobre novas metodologias, críticas aos entraves coloniais e análises de performances. Read More →

O Decolonial é o tema da Semana Especial da Revista Brasileira de Estudos da Presença para o Blog SciELO em Perspectiva | Humanas

De 22 a 26 de outubro de 2018, a Revista Brasileira de Estudos da Presença participará da Semana Especial do Blog SciELO. Nesse período, o leitor poderá conhecer melhor o escopo do periódico e acompanhar os estudos publicados no número 4 de 2018 que aborda as relações entre o campo da Performance e as perspectivas Decoloniais na pesquisa. Read More →

Qual é a forma mais viável para terminar cordeiros pantaneiros?

Os sistemas de terminação de cordeiros pantaneiros em confinamento e semiconfinamento são atividades economicamente viáveis, pois permitem a remuneração de todos os fatores de produção e do capital investido. As taxas internas de retorno desses tipos de terminação são de 27%, para sistemas em confinamento, e de 16% para sistemas em semiconfinamento. Read More →

O que podem dizer os apelidos sobre a realidade escolar?

Pesquisa realizada em escolas lusas e brasileiras mostra que os apelidos dão conta do modo como as identidades juvenis se constroem em contexto escolar. Além disso, os apelidos revelam faces ocultas da vida escolar, como manifestações de racismo e assédio ou bullying sexual, para além de identificarem brechas geracionais no uso das novas tecnologias. Read More →

Como uma intervenção educativa pode promover hábitos alimentares saudáveis na gravidez?

Estudo avalia uma intervenção sobre o uso dos alimentos regionais na gestação a partir de um ensaio clínico. O GI (cartilha educativa) apresentou significância estatística em relação ao GC (gestantes que receberam a orientação nutricional na consulta pré-natal de risco habitual) e o aumento do conhecimento, atitude e prática sobre os alimentos regionais. Recomenda-se a intervenção na promoção da alimentação saudável. Read More →

Violências nas escolas: o labirinto tem saída?

Estudo revela que é possível alcançar significativas mudanças quando os professores trocam a metodologia tradicional pelo debate de problemas, projetos, diálogo e afetividade, permitindo o desenvolvimento da subjetividade e protagonismo dos adolescentes. Neste sentido, os resultados da pesquisa apresentam sugestões para alterar a formação de professores. Read More →

Brazilian Journal of Food Technology completa 20 anos de dedicação à publicação científica

Brazilian Journal of Food Technology (BJFT) celebra 20 anos em 2018. Trata-se de uma publicação online de fluxo contínuo, com acesso livre, cujo propósito é publicar resultados de pesquisas originais e inovadoras nas áreas de nutrição, ciência, tecnologia e engenharia de alimentos. O periódico tem apresentado crescente visibilidade e aumento de submissões. Read More →

Dossiê Desastres Urbanos é destaque em Cadernos Metrópole

Cadernos Metrópole traz como destaque o Dossiê “Desastres Urbanos”, que analisa como a associação entre um padrão de urbanização não organizado, com áreas ocupadas por grupos sociais de menor renda, e eventos climáticos extremos tem gerado a expansão de riscos ambientais, atingindo populações e espaços cada vez maiores. Read More →

Quanto a sucessão de cultivos afeta produtividade de soja?

Os sistemas de sucessão de cultivos tiveram mais de 50% de incidência de podridões radiculares de soja. Dentre eles, o sistema pasto-soja-pasto é o menos indicado para ser aplicado em sucessão ao cultivo de soja. A maior compactação do solo e a predisposição às podridões radiculares da soja, ocasionadas pela aplicação do sistema, trouxeram um prejuízo de 23kg por hectare de grãos de soja para cada 1% de incidência de podridões radiculares. Esses resultados foram levantados por pesquisadores da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em Lages, Santa Catarina. Read More →